27 de dezembro de 2012 - 03:56

Aberta primeira edição de 2013 do Sisu com 129,2 mil vagas

A partir desta quinta-feira (27), os candidatos já podem consultar a oferta de vagas por localidade, instituição, curso e turno no portal do Sistema de Seleção Unificada (Sisu). Na primeira edição de 2013, serão ofertadas 129.279 vagas em 3.751 cursos. Ao todo, 101 instituições públicas de ensino superior selecionarão estudantes por meio do sistema.

As inscrições para o Sisu ficarão abertas no período de 7 a 11 de janeiro e devem ser realizadas pela internet. As regras e o cronograma da primeira edição de 2013 foram publicados na quarta-feira (26), em edital da Secretaria de Educação Superior (Sesu) do Ministério da Educação.

 

Regras

Pode se candidatar às vagas o estudante que participou do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) este ano e obteve nota na redação acima de zero. Cada candidato poderá fazer até duas opções de curso, identificando, no momento da inscrição e pela ordem de preferência, o curso ao qual pretende concorrer e de que forma — por meio de cotas decorrentes da Lei nº 12.711, de 29 de agosto último; de outras políticas afirmativas adotadas pelas instituições participantes do sistema; ou pela ampla concorrência.

As inscrições serão gratuitas e as instituições de ensino deverão disponibilizar acesso à internet aos estudantes interessados. Ao longo do período de inscrições, o estudante pode alterar ou cancelar as opções feitas.

A primeira chamada de selecionados está prevista para 14 de janeiro. Os convocados devem providenciar a matrícula nos dias 18, 21 e 22 do mesmo mês. A segunda chamada será divulgada em 28 de janeiro, com matrícula nos dias 1°, 4 e 5 de fevereiro.

No caso de notas idênticas, o desempate será feito pela seguinte ordem de critérios: nota na redação; nota em Linguagens, Códigos e suas tecnologias; nota em Matemática e suas Tecnologias; nota em Ciências da Natureza e suas Tecnologias e nota em Ciências Humanas e suas Tecnologias.

 

Lista de espera

Os estudantes que não forem selecionados nas duas primeiras convocações podem aderir à lista de espera. As instituições de ensino participantes do Sisu usam essa lista para convocar candidatos a vagas remanescentes. O prazo de adesão vai de 28 de janeiro a 8 de fevereiro.

Caso ainda haja vaga no curso de primeira opção, o candidato será convocado pela instituição que tenha a vaga disponível.

Lei de Cotas

Em 2013, o Sisu se adequará à Lei de Cotas. A lei, de agosto de 2012, estabeleceu reserva de vagas para estudantes que fizeram todo o ensino médio em escolas públicas e aos alunos de famílias de baixa renda.

A norma prevê que as universidades públicas federais e os institutos técnicos federais reservem, no mínimo, 50% das vagas para estudantes que tenham cursado todo o ensino médio em escolas da rede pública, com distribuição proporcional das vagas entre negros, pardos e indígenas.

A lei determina, ainda, que metade das vagas reservadas às cotas sociais sejam preenchidas por alunos que venham de famílias com renda de até um salário mínimo e meio per capita. As instituições têm quatro anos para se adequar.

Pelas regras, os alunos de escolas públicas serão divididos em dois grupos, segundo a renda familiar: menor ou maior que 1,5 salário mínimo por pessoa. Esses grupos são separados em mais dois subgrupos, de acordo com a autodeclaração do candidato da cor da pele: o grupo de negros, pardos ou indígenas e os demais.

reserva de vagas também se estenderá à lista de espera das instituições, que podem ainda aplicar regras de programas próprios de ações afirmativas, desde que os 50% definidos pela lei continuem assegurados.

Caso não haja aprovados suficientes para preencher as vagas destinadas a algum dos subgrupos previstos, elas poderão ser oferecidas aos demais subgrupos, na seguinte ordem de prioridade: primeiro, ao que possui a mesma faixa de renda, depois, a qualquer renda, priorizando os pretos, pardos e indígenas.

Se o preenchimento não se der mesmo assim, as vagas são disponibilizadas aos demais candidatos.

 

Sisu

O Sistema de Seleção Unificada foi desenvolvido pelo Ministério da Educação para selecionar os candidatos às vagas das instituições públicas de ensino superior que utilizarão a nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) como única fase de seu processo seletivo.

A seleção é feita pelo sistema com base na nota obtida pelo candidato no Enem. No site do Sisu, os candidatos podem consultar as vagas disponíveis, pesquisando as instituições e os seus respectivos cursos participantes.

Para se inscrever o candidato deverá informar seu número de inscrição e senha cadastrados no Enem de 2012. Caso o candidato não se lembre de seu número de inscrição ou de sua senha, deverá recuperá-la na página do Enem.

 

 

Ministério da Educação

Outras Notícias

Últimas Notícias

© Copyright 2012 Portal Pedra Bonita - Email: contato@portalpedrabonita.com.br