1 de dezembro de 2012 - 10:14

PREVISÕES APOCALIPITAS

PREVISÕES APOCALIPITAS

Há quem acredite que 2012 será o fim dos tempos, segundo o Calendário Maia. A Confederação Nacional dos Municípios, a exemplo da profecia Maia, também traz noticias catastróficas para os futuros gestores a partir de 2013. São números assustadores e aterrorizantes, capaz de tirar o sossego dos vencedores do último pleito eleitoral por todo Brasil, especialmente os administradores dos pequenos municípios, dependentes unicamente do FPM como forma de arrecadação principal.

 

PREVISÕES APOCALIPITAS II

Conforme essas profecias, cerca de 40% dos atuais gestores não terão condições de pagarem o 13º salário do funcionalismo municipal, deixando para os próximos administradores a responsabilidade de liquidar mais essa dívida trabalhista. Ainda para piorar, conforme a CNM outros 15% dos municípios deixarão mais de duas folhas sem a devida quitação, certeza de um natal tristonho para o funcionalismo, dores de cabeça para os próximos prefeitos e Lexotan à vontade para todo mundo.

 

PREVISÕES APOCALIPITAS III

A 30 dias de deixar o cargo, o prefeito de Itaporanga Djaci Brasileiro ainda não anunciou as datas dos pagamentos dos meses de Dezembro e 13º, respectivamente. A preocupação já começa a assustar o funcionalismo local. Conforme uma fonte ligada a atual gestão, a situação não é fácil, houve quedas sucessivas de arrecadação durante os últimos meses, dificultando assim o cronograma de pagamento dos servidores. Por via das dúvidas, alguém da edilidade deveria se pronunciar.

 

PIRES NA MÃO

Muitos dos gestores municipais pelo Brasil afora apelam ao Governo Federal para a liberação de uma cota extra de repasses federais nesse final de ano. Isso para colocar as contas em dia. Os prefeitos alegam desrespeito da União, que justificam as quedas da arrecadação. Todo fim de mandato é assim apelam a DEUS igual a “História do Filho pródigo”, gastam tudo nos tempos das vacas gordas, nos períodos e campanhas eleitorais e agora ajoelham-se pedindo ao pai para livrá-los de todos os pecados, da derrocada administrativa e principalmente da Lei da Ficha Limpa.

 

PIRES NA MÃO II

Ao que parece a excelentíssima presidenta da República Dilma Rousseff não está com muita disposição de atender aos extravagantes e gastadores luxuriosos. Alguns estão culpando o evento da seca, a isenção de impostos federais participantes do bolo tributário aos quais tem direito. Enfim é culpa para todo mundo e tudo, menos a eles e ao abuso de poder econômico com empregos dados às vésperas da eleição.  Só esta faltando alguém culpar o Scolari por isso tudo, além da queda do Verdão.

 

BATEU PINO

Cedendo a pressão feita por estados como o RJ e ES, a presidenta Dilma Rousseff decidiu ontem vetar o artigo do projeto aprovado na Câmara dos Deputados, que muda as regras de distribuição dos royalties referentes a campos em exploração do pré-sal. Com essa decisão, fica tudo do jeito que está, nada de dinheiro novo para os municípios e os estados não produtores. Uma notícia triste neste final de ano, lamentável em todos os aspectos. Os prejuízos em Itaporanga giram na casa de Um Milhão de Reais. Dinheiro que poderia ajudar a próxima gestão a alavancar o desenvolvimento da cidade.

 

A MAIOR DAS SECAS

A maior de todas as secas da história do Brasil entra na sua fase mais crítica. Segundo o secretário de Infraestrutura do governo da Paraíba Efraim Morais, a estiagem começa a ameaçar a tranquilidade das cidades paraibanas e nordestinas. “A seca está saindo do campo, onde devastou tudo e todo o rebanho e chega aos centros urbanos, há cidades abastecidas 100% com carros-pipa, outras estão com seus sistemas de abastecimento em situação de colapso total”, afirma Efraim.

 

A MAIOR DAS SECAS II

Efraim aproveitou ainda para anunciar mais investimentos por parte do Governo Estadual para enfrentamento da problemática da seca. São mais ais 34 Milhões de Reais. Entre as ações governamentais que estão sendo realizadas para o enfrentamento a seca, Efraim também citou o valor de R$ 10 milhões para carros-pipa e distribuição de 19 mil toneladas de ração animal. “Também estamos, através da EMPASA, vendendo ração subsidiada, ou seja, o milho e o farelo de soja são comprados com o governo subsidiando 50%”, acrescentou.

 

A MAIOR DAS SECAS III

“Está na hora de nos unirmos, Governo, Assembleia Legislativa, Câmaras Municipais e prefeitos para amenizar essa situação”, apelou Efraim Morais durante entrevista concedida a programa radiofônico. Estamos à espera das bênçãos dos céus trazendo chuvas abundantes para nossa região. Por falar nisso, alguém aí sabe me informar quais as ações efetivas de combate a estiagem  realizada pela Prefeitura de Itaporanga? A responsabilidade também é de competência dos prefeitos.

 

OS APELOS DE PADRE DJACI

O religioso mais famoso e atuante na defesa do projeto de Transposição do Rio São Francisco e de combate à estiagem no Nordeste, Padre Djaci Brasileiro, faz um apelo dramático as autoridades políticas da Paraíba e do Brasil. Conforme o Padre não dá mais para esperar, os flagelos da fome e da sede já chegaram ao povo, especialmente os mais humildes, provocando desilusão e sofrimento jamais verificado. Brasileiro tem sido uma voz estridente na defesa do povo dos “Sertões”, pena que a classe política está bradando com a mesma força e intensidade.

 

MUITO CALOR

Os efeitos da estiagem não se limitam apenas a dizimação do rebanho ou os estragos devastadores dos mananciais e pastagens no Nordeste. O pior é que estamos vivendo sem notarmos um problema seríssimo de saúde pública, com a alta das temperaturas verificadas nas últimas semanas. Infartos, náuseas, queimaduras, problemas respiratórios são alguns dos problemas enfrentados. Só para se ter uma ideia, em Patos esta semana os termômetros marcaram mais de 44º C. È calor demais, é fogo.

 

ENGODO ELEITORAL

É no mínimo paradoxal a atual situação do município de Itaporanga nos dias finais da atual gestão. De uma situação Veneziana Narcisista ou semelhante aos Alpes Suíços, nossa terra tem sofrido muito após o período eleitoral, especialmente o povo em geral. Daquela realidade mostrada nos guias do prefeito derrotado, mostrando a “síndrome do devaneio psicótico dos milhões”, onde se propagava milhões e milhões de Reais, muitas realizações, saúde que impressionava até os “States”.

 

ENGODO ELEITORAL II

Passada as eleições, eis que a verdadeira realidade começa a aparecer. Demissões em massa de adversários flagrados ou suspeitos de traições no pleito passado e aliados que cometeram também os mesmos crimes. Mostrando mais uma vez, inclusive que, os empregos distribuídos recentemente não passavam de pura demagogia, enganação e os últimos atos de um circo e seus ritos e espetáculos finais. Faltam apenas 30 dias para o término dessa problemática. Conclui um cidadão.

 

CATÁSTROFES HUMANITÁRIAS

É triste e estarrecedor o estado de coisas que se encontra a saúde de Itaporanga. Faltam médicos e outros profissionais de saúde nos PSF’s, faltam medicamentos para os pacientes crônicos, ambulâncias paradas, perda de gratificações de algumas categorias, cortes nas produtividades dos profissionais, demissões em massa, enfim, a situação é semelhante ao pós-guerra europeu na segunda grande guerra. O MPF deve estar atento a esses últimos instantes dessa destruição.

 

SAMU E OS PNEUS CARECAS

Informações dão conta de que algumas ocorrências do serviço do SAMU estão deixando de ser realizadas para municípios distantes do nosso, por conta da precariedade dos pneus dessas viaturas. Motoristas tem feito em anonimato este desabafo, alegando falta de segurança para os mesmos, pacientes, profissionais de saúde e condutores de outros veículos em geral. Deda, irmão de Duvan, feirante do ramo de verduras diz: “Em fim de feira só encontra verduras e frutas estragadas”. Isso.

 

ENTULHOS AOS MONTÕES

Dubai, um dos sete principados dos Emirados Árabes Unidos, faz parte da rica região produtora de petróleo do Golfo Pérsico. Conhecida pelas “Obras faraônicas” os árabes utilizaram areia e muita terra para a construção de um de seus maiores feitos. A ilha de Palm Jumeirah levou milhões de toneladas de entulhos para sua fundação. Coisa que Itaporanga atualmente tem de sobra. Se não fosse tão longe poderíamos vender o entulho das ruas para construir algumas ilhas lá nas Arábias.

 

ENTULHOS AOS MONTÕES II

Comparações e proporções à parte, nossa terra encontra-se com um gigantesco volume de material oriundo de construções civis espalhados em todas as ruas, avenidas e bairros da cidade. Por onde se anda, avista grandes concentrações espalhados, auxiliando ainda mais no processo de sujeira, já que o famoso “Vento Aracati”, apelidado assim por André Morato, quando sopra ajuda a propagar ainda mais a nuvem empoeirada, que suja a vestimenta da pobre mãe, que um dia foi rainha do vale.

 

LIXO E MAIS LIXO

Se não bastassem os entulhos, Misericórdia tem de enfrentar também um surto assustador de lixo espalhado pelas ruas. A população já não aguenta mais, reclamações diárias em programas radiofônicos e apelos as autoridades competentes. Esse problema foi o carro chefe das críticas a atual gestão durante os quatro anos que estiveram à frente da administração e, pelo visto vão deixar essa herança para a próxima gestão. É lixo que não acaba mais, diz Gabriel de Freitas.

 

LIXO E MAIS LIXO II

O pior e além de sacos plásticos, papéis de toda qualidade e variedade, restos de comidas, latas, vidros, etc. Cachorros e gatos, além de outros animais mortos também são jogados nas ruas e dentro das lixeiras, colocando também a saúde dos garis em risco. A próxima gestão já está elaborando uma força-tarefa para resolver esse problema. Estima-se que serão necessários pelo menos 90 dias do ano vindouro para a resolução. Campanhas educativas também serão elaboradas e utilizadas.

 

LIXO EM AMBULÂNCIA

Como um grande espetáculo circense em suas últimas cenas, a prefeita de Piancó, Flávia Galdino, fecha sua passagem pela edilidade com momentos melancólicos. Veiculado em muitos meios de comunicação durante esta semana, a ambulância do município flagrada transportando lixo ao invés de doentes, levou a cidade mais uma vez as páginas principais do noticiário. Pena que são notícias que denigrem e atentam contra a história da mais antiga cidade do Vale do Piancó. Lamentável.

 

MIGUELZINHO TRANQUILO

O prefeito eleito de Boa Ventura, Miguel Estanislau, em contato conosco se disse tranquilo quanto ao processo que corre na justiça pedindo a sua inelegibilidade. “Fui absolvido pela corte do TRE, minhas contas foram todas reconhecidas como legais por parte do TCE, ganhei as eleições de maneira limpa e com larga margem de vantagem, portanto não vejo razões para meus adversários estarem comemorando possível resultado adverso a minha diplomação e posse”. Finaliza Miguel.

 

BASTOS TAMBÉM TRANQUILO

O ex-prefeito de Pedra Branca, Antônio Bastos, pai do prefeito eleito Alan Felipe, também se disse tranquilo para os desdobramentos do julgamento por parte do TRE na próxima segunda. Não cometemos crime nem irresponsabilidade alguma, fizemos a substituição do meu nome por meu filho dentro da norma legal, orientados por grandes advogados e se baseando na jurisprudência verificada nos ditames da Lei Eleitoral. Portanto, estamos muito confiantes no desfecho desse julgamento. Finaliza, mandando recado a oposição. Alan será um prefeito ainda melhor do que eu.

 

UMA VEZ DEPUTADO, SEMPRE DEPUTADO

O diretor da AESA, e ex-deputado Chico Lopes, destaca-se nesse momento de transição em Itaporanga pelas parcerias que tem feito com o prefeito eleito Audiberg Alves, no que diz respeito à defesa dos pleitos importantes para a cidade. Chico tem levado Berguim a audiências importantes com secretários de governo e o próprio governador do estado. Lopes pode ser um dos nomes do PSB a disputar uma cadeira de deputado estadual nas próximas eleições. Bom para Itaporanga.

 

ABERTURA DAS PORTAS

O prefeito eleito Audiberg Alves, assessorado pelo ex-prefeito Will Rodrigues e pelo ex-deputado Chico Lopes, tem desencadeado uma operação de busca por recursos, parcerias e convênios com o estado e o Governo Federal antes mesmo de assumir o mandato. Nossa cidade tem pressa declara o prefeito, precisamos correr, pois, os problemas são enormes e imediatos. Esse trio tem aberto muitas portas pelos órgãos afora. Não há tempo a perder, a procura por soluções é grande e urgente.

 

FILHA A DISPOSIÇÃO

A procuradora geral da federação Paraibana de Futebol e filha de Itaporanga, Socorro Tolentino, em contato conosco se diz satisfeita com a vitória de Audiberg nas eleições deste ano. “Berguim é um homem público honrado que estará à altura da história de nossa terra”, pontua ela. Além disso, estou à disposição do prefeito eleito para colaborar com sua gestão, com o vasto conhecimento que tenho na área do esporte, especialmente o futebol. Conclui. Socorro conhece desse assunto, como poucos.

carlos.miguel

Carlos Miguel

Política

Natural de Itaporanga, Sertão da Paraíba, 34 anos, profissional de saúde, licenciado em LETRAS, estudante do curso de Relações Internacionais da UEPB, Campus V. Experiência em programas radiofônicos nas emissoras: Rádio Boa Nova FM, Rádio Vale FM. Correio do Vale AM. Escreveu nos jornais de circulação do Vale do Piancó: Folha do Vale e “O Semanário”. Comentarista político do programa Jornal da Cidade da Boa Nova FM.

Outras Notícias

Últimas Notícias

© Copyright 2012 Portal Pedra Bonita - Email: contato@portalpedrabonita.com.br