12 de novembro de 2012 - 10:11

Governo do Estado lança prêmio Linduarte Noronha de audiovisual

Com o intuito de estimular a produção audiovisual, o Governo do Estado da Paraíba, por meio da Secretaria de Estado da Cultura (Secult), promove a seleção para o Prêmio Linduarte Noronha – Produção de Obras Audiovisuais Inéditas, disponibilizando um montante de R$375.000,00 para a sua realização. As inscrições já estão abertas e seguem até o dia 7 de dezembro.

O edital foi lançado esta semana pelo secretário de Estado da Cultura, Chico César, durante a Mostra de Cultura e Arte de Patos. As inscrições deverão ser realizadas via postagem. O documento na íntegra e os respectivos formulários de inscrição encontram-se à disposição no endereço eletrônico da Secretaria de Estado da Cultura (Secult): www.paraiba.pb.gov.br/cultura, e expostos aos interessados na sede da Secretaria, no Casarão de Azulejos, Rua Conselheiro Henriques, nº. 159, Centro, João Pessoa – PB, e com os articuladores culturais regionais.

Esta é a 2º edição do Edital Linduarte Noronha. A versão atual traz um montante maior que a primeira, que foi de R$150 mil. “Pela primeira vez, temos um edital voltado para o desenvolvimento de cineclubes e com uma categoria de estímulo a novos diretores”, comentou Amazile Vieira, secretária executiva da Secult.

Serão contempladas três categorias: Curta-metragem; Revelando a Paraíba, e Renovação e Desenvolvimento da Atividade Cineclubista. Com esta iniciativa, a Secult pretende estimular a produção e a circulação da produção audiovisual paraibana, fortalecendo circuitos cineclubistas e a formação de públicos em todo o Estado.

Serão concedidos dois tipos de apoio para a produção de obras audiovisuais inéditas: Curta-metragem e Revelando a Paraíba. Para curtas-metragens, a seleção consistirá de quatro roteiros inéditos, aos quais serão disponibilizados apoio financeiro para a produção de cada projeto, no montante de R$37.600,00. Os projetos poderão ser nos gêneros de Ficção, Documentário, Experimental ou Animação, com duração entre 10 e 26 minutos.

A modalidade Revelando a Paraíba se diferencia pelo seu objetivo de incentivar os produtores que estão iniciando a carreira, não sendo necessária a comprovação de experiência anterior na área. Serão contemplados 13 roteiros inéditos, que receberão uma premiação no valor bruto de R$12.600,00.

A novidade desta segunda edição é a categoria Renovação e Desenvolvimento da Atividade Cineclubista. “Há diversos cineclubes por todo o Estado que funcionam sem nenhum incentivo, graças à atuação corajosa dos agentes culturais. Ao abrirmos uma categoria específica para os cineclubes, queremos incentivar a formação de público e o escoamento de uma produção que precisa ser assistida”, afirmou Alexandre Macedo, gerente de Difusão Audiovisual da Secult. Serão selecionados 10 projetos, onde cada um receberá o montante bruto de R$5.500,00.

Linduarte Noronha – O Edital é uma homenagem a um dos expoentes do cinema paraibano. Precursor do Cinema Novo, Linduarte tornou-se referência para o cinema brasileiro a partir de sua obra mais célebre, o curta-metragem Aruanda, obtendo grandes repercussões estéticas e inspirando cineastas como Glauber Rocha. Linduarte Noronha foi repórter, crítico de cinema, procurador do Estado e professor do Departamento de Comunicação da Universidade Federal da Paraíba. Faleceu em janeiro deste ano, deixando um longo histórico de contribuição ao Estado paraibano.

Clique aqui e acesse o edital completo, projetos técnicos, modelos e formulários de inscrição.

 

 

Secom/PB

Outras Notícias

Últimas Notícias

© Copyright 2012 Portal Pedra Bonita - Email: contato@portalpedrabonita.com.br