1 de agosto de 2012 - 09:04

TAM vai retirar voo do aeroporto Castro Pinto

A TAM Linhas Aéreas vai retirar de operação um de seus cinco voos do Aeroporto Internacional Presidente Castro Pinto, na Região Metropolitana de João Pessoa, a partir da próxima segunda-feira. No domingo, dia 5, aniversário da capital paraibana, será o último voo de número 3688, que chega no Castro Pinto de São Paulo às 22h05, de São Paulo, e retorna às 00h35.

O superintendente da Infraero (Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária), Alexandre Oliveira, confirmou a saída da TAM, mas disse que ainda não recebeu nenhum comunicado oficial.

Segundo Alexandre Oliveira, a TAM já comunicou aos seus funcionários que esse voo não chegará mais nesse horário no aeroporto. “Estamos aguardando um comunicado oficial para podermos montar a nossa programação”, afirmou o executivo, que lamentou a decisão da TAM, pelo fato desse voo ser um dos melhores operados nos horários à disposição dos passageiros. “Não entendemos essa posição da empresa”, disse o superintendente.

Ainda de acordo com Alexandre Oliveira, a Infraero está fazendo um levantamento para conferir o índice  de ocupação da aeronave nesse horário. “Sabemos que é um dos melhores operados no aeroporto, pelo horário que sai de São Paulo – às 18h30 – e que sempre vem com lotação quase completa”, enfatizou o executivo.

De acordo com Infraero, no primeiro semestre deste ano o movimento de passageiros apresentou um crescimento de 11,47% em relação ao mesmo período de 2011. Além da TAM, operam no aeroporto a Gol (3 voos), Azul (2 voos) e a Avianca (1 voo).

A reportagem apurou que o trade paraibano está se mobilizando para se reunir com a direção da TAM  e tentar evitar a perda desse voo. Segundo a presidente do Convention Bureau de João Pessoa, Elízia Lopes, sempre é ruim para o mercado quando se perde um voo. Ela também lamentou a decisão justamente em um momento em que o turismo paraibano começou a apresentar resultados bastante positivos. “Estamos em evidência e, agora em agosto, teremos até a inauguração da primeira etapa do Centro de Convenções”, enfatizou.

Resposta
A reportagem entrou em contato com a assessoria de imprensa TAM, para que a empresa explicasse as razões da retirada do voo, mas, até o fechamento desta edição, ainda não havia recebido respostas.

Passageiro deve ser respeitado
O coordenador do Procon Municipal, Marcos Araújo, afirmou, ontem, que a TAM deve entrar em contato com os passageiros que compraram bilhetes aéreos para esses horários a partir de segunda-feira. “Se houve venda de passagens nesse horário, a empresa terá que cumprir com o contrato de venda, respeitando o que foi contratado”, enfatizou o coordenador. A TAM pode alterar o horário do voo de comum acordo com o passageiro. Mas, se o consumidor se sentir prejudicado, pode acionar a empresa no Procon.

 

 

Portal Correio

Outras Notícias

Últimas Notícias

© Copyright 2012 Portal Pedra Bonita - Email: contato@portalpedrabonita.com.br