13 de julho de 2012 - 09:18

Paraíba é contemplada com R$ 29,1 milhões para combate à seca

A Paraíba foi contemplada com R$ 29,1 milhões em recursos emergenciais para o combate à seca. Balanço apresentado pelo Ministério da Integração Nacional até o dia 6 de julho demonstra que o Estado já contratou o 3º maior volume de recursos disponibilizados para o Nordeste, ficando atrás apenas de Estados mais populosos como a Bahia (R$ 38,7 milhões) e Pernambuco (R$ 51,8 milhões).

Durante a 15ª Reunião Extraordinária da Sudene,  em Fortaleza,  nesta sexta-feira (13), o ministro da Integração, Fernando Bezerra, fez uma prestação de contas das ações emergenciais adotadas pelo Governo Federal para melhorar as condições de vida da população de 1.187 municípios afetados pela seca. O Governo Federal contratou R$ 250 milhões em dois meses para os nove estados nordestinos

Foram apresentados os volumes liberados para programas como o Bolsa Estiagem, Garantia-Safra, Venda Milho Balcão, recuperação de poços, operação Carro-Pipa e socorro e assistência e linha emergencial de crédito.

O governador Ricardo Coutinho destacou que os resultados obtidos representam o esforço do Governo Estadual e instituições para a divulgação dos programas e a articulação para que os agricultores possam ter acesso a esses recursos.

“A Paraíba pontua bem, figurando como o terceiro do Nordeste em liberação dos recursos. Mas queremos que esses programas andem de forma cada vez mais ágil para auxiliar os agricultores que perderam seus plantios”, observou.

Na avaliação do governador Ricardo Coutinho, o Governo Federal e os Estados precisam conseguir trabalhar de uma forma desburocratizada para que os benefícios cheguem efetivamente para os agricultores, principalmente neste período de seca no Nordeste. “O Nordeste precisa superar isso com uma política de acesso à água, mas fundamentalmente a proteção ao rebanho, que está numa situação crítica, com mais facilidade no acesso à alimentação animal”, ressaltou.

Em sua apresentação, o ministro Fernando Bezerra fez uma avaliação positiva na aplicação dos recursos anunciados pela presidente Dilma Rousseff. “Os primeiros números revelam o acerto da decisão da presidente de abrir o crédito emergencial para outras atividades produtivas não ligadas à atividade rural ou agroindustrial, que são os setores do comércio de serviço que vem demandando fortemente crédito nos municípios afetados pela estiagem”, afirmou o ministro.

Ele destacou que mais de 900 mil agricultores serão beneficiados neste mês pelos Garantia-Safra e Bolsa Estiagem e cerca de R$ 100 milhões foram disponibilizados para reforçar a distribuição de água por meio de carro-pipa. “A reunião possibilitou ouvir algumas sugestões dos governadores de novas alternativas para o aprimoramento destas ações”, concluiu Bezerra.

Novo PAC – Fernando Bezerra também adiantou que na próxima semana a presidente Dilma Rousseff estará anunciando investimentos de R$ 20 bilhões para obras de infraestrutura hídrica adicionais no País.

Liberações na Paraíba – O Governo Federal já liberou R$ 158,5 milhões em recursos do Garantia Safra. Na Paraíba foram repassados R$ 1.642.880,00, beneficiando 2.416 agricultores. Em relação à Bolsa Estiagem, já foram liberados R$ 60,1 milhões para os nove estados do País e na próxima quarta-feira (18) será paga a primeira parcela para quase 78 mil agricultores de 195 municípios paraibanos.

Das 400 mil toneladas de milho disponibilizadas para a venda foram destinados à Paraíba 5.526.106 kg para 2.169 agricultores. Foram empenhados R$ 3.157.895 para a recuperação de 126 poços que atenderão a 6.316 famílias.

Foto: José Marques/Secom-PB

 

Programa do Leite – Durante a reunião, Ricardo Coutinho pediu a revisão do preço do leite do Programa do Leite e o final da suspensão do programa, que está prejudicando a quem realmente produz. “É fundamental que se normalize o pagamento para quem realmente produz, até para preservar a principal base da economia do semiárido”, argumentou.

O secretário de Planejamento do Estado, Gustavo Nogueira, destacou que a reunião possibilitou a prestação de contas dos recursos repassados para os Estados para minimizar os efeitos da estiagem. “São volumes significativos nas áreas de apoio, crédito, recuperação de poços e a Paraíba se comporta bem posicionada em relação aos contratos firmados na frente de Estados maiores. Isso demonstra a competência da equipe e a busca constante de recursos junto ao Governo Federal”, completou Nogueira.

Participaram da reunião os governadores Cid Gomes (CE), Eduardo Campos (PE), Ricardo Coutinho (PB), Renato Casagrande (ES) e Rosalba Ciarlini (RN); os vice-governadores Antônio José de Moraes Souza Filho (PI) e José Tomaz Nonô (AL); além do presidente do Banco do Nordeste, Paulo Sérgio Ferraro; do superintendente da Sudene, Luiz Gonzaga Paes;   do representante da Unicef no Brasil, Gary Stahl, e do ministro dos Portos, José Leônidas.

 

 

Secom/PB

Outras Notícias

Últimas Notícias

© Copyright 2012 Portal Pedra Bonita - Email: contato@portalpedrabonita.com.br