6 de julho de 2012 - 08:57

Direção do Hospital Regional de Patos reúne sociedade e garante atendimento a população

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) definiu uma escala de plantões médicos para manter o atendimento no Hospital Regional de Patos. A escala pretende garantir o atendimento dos pacientes que necessitarem da unidade de saúde.

A reunião para apresentar a solução partiu da direção do Hospital Regional de Patos, nesta quarta-feira (04). O encontro contou com representantes da sociedade civil organizada, Sindicato dos Médicos e Conselho Municipal de Saúde.

Na ocasião foram apresentados os detalhes da escala médica, que respeita todas as exigências da legislação. A iniciativa apresentada ao Conselho Regional de Medicina (CRM) está dentro do acordo firmado com a categoria desde o ano passado.

“Nós estamos atendendo a tudo que a legislação recomenda, dentro de um atendimento de saúde para um hospital de grande porte e de alta complexidade. Fizemos várias intervenções importantes, não só lá mas em vários hospitais do Estado”, afirma Waldson de Souza.

O secretário da Saúde esclareceu ainda que o Estado não recebeu nenhuma reivindicação oficial apresentada por médicos da unidade Regional do Sertão.

Participaram da reunião, o Grupo Independente de Análise e Ação Social e Política de Patos (Giasp), lideranças religiosas, representantes da OAB, Rotary Clube e Maçonaria.

O presidente do Giasp, pastor John Philip Medcraft, reconhece que os profissionais precisam de atenção, mas lembra que a população não pode ficar sem atendimento. “Somos solidários com os médicos que merecem ser respeitados. Ao mesmo tempo, somos solidários com o povo que precisa de atendimento”, avalia o pastor.

De acordo com o secretário de Saúde da Paraíba, Waldson de Souza, a medida respeita todas as exigências da legislação e garante o atendimento integral à população. “Estamos obedecendo a tudo que a legislação recomenda, dentro de um atendimento de saúde para um hospital de grande porte e de alta complexidade. Nós temos feito várias intervenções importantes, não só lá, mas em vários hospitais do Estado”, enfatiza o secretário.

Investimentos – O secretário também destacou os investimentos na ordem de R$1,5 milhão aplicados no Hospital Regional de Patos. Os recursos serão destinados à aquisição de equipamentos, implantação da climatização, reformas nas enfermarias e instalações do novo refeitório e de uma nova ala de urgência.

O secretário falou ainda dos outros investimentos em saúde na região polarizada pela cidade de Patos. Entre as principais ações estão a ampliação da Maternidade Peregrino Filho, que passou de 62 para 114 leitos, além de dispor da UTI Materna mais moderna do Sertão nordestino e a implantação do Centro de Oncologia de Patos (em fase de licitação).

“Os investimentos na região de Patos continuam. Vamos iniciar também melhorias no Hospital de Santa Luzia, fizemos convênio com o Hospital de São Mamede. Todos esses centros dão suporte à rede hospitalar de Patos em menor complexidade, definindo um trabalho amplamente organizado, com acesso mais direcionado e com maior credibilidade para a população”, finaliza o secretário.

 

 

Secom/PB

Outras Notícias

Últimas Notícias

© Copyright 2012 Portal Pedra Bonita - Email: contato@portalpedrabonita.com.br