21 de junho de 2012 - 07:37

Brasil cria cerca de 140 mil empregos formais em maio

Dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) divulgados nesta quinta-feira (21) mostram que foram gerados 139.679 empregos formais no mês de maio, crescimento de 0,36% em relação a abril. Entre janeiro e maio, houve expansão de 2,32% no índice de emprego, com o acréscimo de 877.909 postos de trabalho. Nos últimos 12 meses, o aumento foi de 1.607.209 postos, que corresponde à elevação de 4,32%.

Em maio de 2012, foram declaradas 1.785.075 admissões e 1.645.396 desligamentos, correspondendo, nos dois casos, aos segundos maiores números para o período. Sete dos oito setores de atividade econômica registraram alta no nível de emprego, e um deles registrou relativa estabilidade.

Os setores que mais contribuíram foram: Agricultura (+46.261 postos ou +2,94%); Serviços (+44.587 postos ou +0,28%); Indústria de Transformação (+20.299 postos ou +0,25%); Construção Civil (+14.886 postos ou +0,49%) e Comércio (+9.749 postos ou +0,11%). A Administração Pública também se destacou, ao apresentar um aumento de 2.660 postos ou +0,32%, o terceiro melhor desempenho para o mês; Extrativa Mineral contabilizou 1.251 vagas. O setor de Serviços Industriais de Utilidade Pública (Siup) foi o que registrou relativa estabilidade (-14 postos ou 0,00%).

O dinamismo no setor de Agricultura é associado às atividades vinculadas à presença de fatores sazonais na região Sudeste, como o cultivo de café (+25.995 postos) e de cana-de-açúcar (+12.250 postos).

No setor de Serviços, houve crescimento em todos os segmentos que o integram: Serviços de Alojamento e Alimentação (+10.212 postos ou +0,19%); Serviços Médicos e Odontológicos (+9.024 postos ou +0,56%, o segundo maior saldo para o período); Serviços de Comércio e Administração de Imóveis (+8.968 postos ou +0,20%); Serviços de Transportes e Comunicações (+8.539 postos ou +0,41%); Ensino (+7.107 postos ou +0,49%) e Instituições Financeiras (+737 postos ou +0,11%).

Na Indústria de Transformação (+20.299 postos ou +0,25%), os desempenhos positivos foram registrados na Indústria de Produtos Alimentícios (+17.856 postos ou +0,96%); Indústria Química (+6.781 postos ou +0,72%); Indústria da Borracha, Fumo e Couros (+1.975 postos ou +0,55%); Indústria Têxtil (+840 postos ou +0,08%) e na Indústria de Produtos Minerais Não Metálicos (+669 postos ou +0,14%).

 

 

Ministério do Trabalho e Emprego

Outras Notícias

Últimas Notícias

© Copyright 2012 Portal Pedra Bonita - Email: contato@portalpedrabonita.com.br