20 de junho de 2012 - 04:21

ALPB vota MP do Magistério com emenda de Janduhy

Assembleia Legislativa da Paraíba aprovou por unanimidade, na manhã desta quarta-feira (20.06), a Medida Provisória nº 196, do governo, mas com a emenda apresentada pelo deputado Janduhy Carneiro (PPS), a qual garante os direitos e conquistas dos professores previstos no Plano de Cargos, Carreira e Remuneração (PCCR) da categoria, aprovado no Legislativo Estadual, em 2003.

O chefe do Poder Legislativo, deputado Ricardo Marcelo (PSDB), decidiu deixar a presidência da Mesa e dos trabalhos para ocupar um lugar no plenário, por ocasião da votação da MP 196. O fato, que chamou a atenção dos deputados, da imprensa e dos professores presentes nas galerias, logo foi justificado pelo deputado Ricardo Marcelo.

“Decidi não presidir a sessão durante a votação da MP 196 porque iniciei minha carreira como professor. E por isso, quis votar daqui, do plenário, em favor dos Magistério”, declarou.
O deputado Janduhy Carneiro comemorou a aprovação da matéria, com a emenda apresentada por ele. “Esta Casa não poderia aprovar uma matéria que prejudicasse um das mais importantes categorias, que é a dos professores. Enfim, prevaleceu o bom senso”, ressaltou.

Janduhy Carneiro lembrou que a MP original do governo, ou seja, da forma que a matéria chegou ao Legislativo Estadual, “retirava” direitos adquiridos do Magistério, garantindo apenas o piso nacional para os professores de início de carreira. “Os demais professores, os mais antigos, teriam seus salários congelados, caso a gente aprovasse a matéria do jeito que chegou a esta Casa. Além do que acabava com as promoções verticais e horizontais”, explicou.

Já o líder da bancada do governo na Casa, deputado Hervázio Bezerra (PSDB), disse que a bancada governista nunca esteve contra os professores, mas lamentou a falta de “ bom senso” dos opositores, que rejeitaram a proposta apresentada por ele de incluir na pauta de votação a MP nº 199, do governo, que trata do pedido de empréstimo para a Cagepa. “Com essa atitude, perde a Cagepa, perde a população, vez que o pedido de empréstimo agora só será votado após o recesso”, lamentou.

 

 

Assembleia Legislativa da Paraíba

Outras Notícias

Últimas Notícias

© Copyright 2012 Portal Pedra Bonita - Email: contato@portalpedrabonita.com.br