31 de maio de 2012 - 06:30

Os perigos das rodovias do Vale do Piancó

Mesmo com as operações da Polícia Rodoviária Federal – PRF, que vem realizando o trabalho de retirada de animais da pista ao longo das rodovias que cortam o Vale do Piancó, os motoristas ainda constatam um número considerável de animais circulando livremente por estas estradas. Vários animais foram vistos pela equipe de reportagem do Portal Pedra Bonita no início dessa semana na PB-386, que liga as cidades de Itaporanga, Boa Ventura e Diamante.

A BR-361, que liga as cidades de Catingueira, Olho D´agua, Piancó e Itaporanga, é o trecho que mais oferece riscos ao motorista no Vale do Piancó, por possuir maior quantidade de jumentos soltos na pista. Essa grande quantidade de animais tem provocado um número absurdo de acidentes nesse trecho. A situação da BR-361, precisamente no trecho que liga a cidade de Itaporanga à Piancó é ainda mais complicada. O trânsito de animais na pista é muito grande, vários jumentos, cavalos até mesmo vacas são encontrados, elevando o risco de acidentes nesta região.  A BR-361 é conhecida pelos acidentes provocados por animais que ficam no meio da pista, principalmente à noite.

A Polícia Rodoviária Federal tem atendido às reclamações de motoristas e prefeitos de cidades da região, principalmente após alguns acidentes registrados nos últimos dias, inclusive com vítimas fatais. Os animais são recolhidos pela PRF e transportados para um curral na cidade de Patos. Os animais poderão retornar aos proprietários desde que sejam pagas as multas impostas pelo órgão e assinado um termo de compromisso para que os mesmos se comprometam em não permitir que os animais retornem às rodovias. Não basta apenas a PRF executar seu trabalho, os proprietários de animais devem se conscientizar e colaborar para a redução desses acidentes.

O acidente que mais chocou o Vale, com os músicos da sinfônica da Paraíba, aconteceu na BR-361. Esse acidente vitimou quatro pessoas, que morreram carbonizados, entre elas Radegundis Feitosa, músico, filho natural de Itaporanga, conhecido internacionalmente. Ao passar pelo trecho da BR-361, que corta o sítio Roça de Cima, município de Piancó, já próximo ao limite com Itaporanga, Radegundis perdeu o controle do seu carro, um Citröen c4, placa NPT 5510, que saiu da pista e capotou violentamente, indo parar às margens da estrada, onde, em poucos minutos, foi consumido pelo fogo. Na oportunidade, de acordo com o delegado Dr. Pereira outras pessoas, que passavam pelo local minutos depois do acidente, disseram ter visto jumentos nos arredores, o que reforça a hipótese de que o músico perdeu o controle do carro ao tentar desviar de um animal. Só entre o final de maio e começo de junho desse ano já morrem duas pessoas na BR-361, entre Piancó e Itaporanga, mais uma vez vítimas de acidentes ocasionados por animais na pista.

Outro problema enfrentado pelos motoristas nas estradas no Vale do Piancó é o grande tráfego de carroças de burro. Ao trafegarem nas rodovias sem nenhuma sinalização tem sido motivo de grandes acidentes, principalmente à noite. O último acidente envolvendo esse tipo de veículo aconteceu no dia 18 de setembro do ano passado, na PB-361, que liga a cidade de Itaporanga a Boaventura, uma moto CG 125, de cor vermelha e placa KIK 3381-PE, bateu violentamente na traseira de uma carroça de burro.

A moto era guiada por José Romualdo Lopes Filho, de 25 anos, que residia no sítio Pitombeirinha, em Santana dos Garrotes – PB. Ele ainda foi socorrido para o Hospital Distrital Dr. José Gomes da Silva em Itaporanga, mas já chegou sem vida. A outra vítima, Francisco Pereira de Oliveira, conhecido como “o cego”, de 33 anos, residente no sítio Misericórdia Velha, em Itaporanga-PB, e possivelmente o condutor da carroça de burro sofreu graves ferimentos, mas não morreu.

Em Itaporanga está para ser votada uma lei que regularizará as carroças de burros, o que permitirá a fiscalização desses meios de transporte.

 

 

Outras Notícias

Últimas Notícias

© Copyright 2012 Portal Pedra Bonita - Email: contato@portalpedrabonita.com.br