31 de maio de 2012 - 08:39

Taxa básica de juros cai para 8, 5% e é a menor da história do País

O Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central (BC) reduziu, nesta quarta-feira (30), de 9 para 8,5% ao ano a taxa básica de juros da economia brasileira, sem viés, o que significa que não será alterada até a próxima reunião do comitê. A taxa é usada como referência para remunerar títulos públicos depositados no Sistema Especial de Liquidação e Custódia (Selic). É o nível mais baixo da taxa Selic na série histórica iniciada em 1986.

A taxa real, descontada a inflação, passa a ser de 3,5% por ano, a menor taxa real do Brasil. Essa foi a sétima redução consecutiva da taxa básica de juros. Em nota, o comitê explicou a redução dizendo considerar que “neste momento, permanecem limitados os riscos para a trajetória da inflação” e que, até agora, “dada a fragilidade da economia global, a contribuição do setor externo tem sido desinflacionaria”.

O corte de 0,50 ponto percentual atende as expectativas da maioria dos analistas financeiros consultados pelo Boletim Focus, divulgado pelo Banco Central na última segunda-feira (28). Com isso, passa a valer a nova regra de remuneração da caderneta de poupança, que considera a remuneração de 70% da Selic, mais a Taxa Referencial. A nova regra vale para depósitos feitos a partir de 4 de maio, sempre que a Selic for de 8,5% ou menos.

A definição da Selic em 8,5% foi unânime e, pela primeira vez, foi divulgado o voto dos diretores, conforme determina a Lei de Acesso à Informação em vigor há duas semanas.

 
Portal Brasil

Outras Notícias

Últimas Notícias

© Copyright 2012 Portal Pedra Bonita - Email: contato@portalpedrabonita.com.br