25 de maio de 2012 - 02:45

Consuni decide adiar segundo turno das Eleições da UFPB

Com  23 votos favoráveis, 10 contra e quatro abstenções, Conselho Universitário decide adiar segundo Turno das Eleições para Reitor e Vice-Reitor para após o termino da greve dos professores. O relator do processo que pedia o adiamento das Eleições, professor Djail Santos, se baseou em Resolução do próprio Consuni que previa adiamento da data em situação de anormalidade na UFPB

Em reunião extraordinária, realizada na manhã desta sexta-feira (25), na Secretaria dos Órgãos Deliberativos Superiores (SODS) no campus de João Pessoa, o Conselho Universitário  da Universidade Federal da Paraíba (UFPB) – instância máxima deliberativa da instituição -,  aprovou o adiamento do Segundo Turno das Eleições para Reitoria da Universidade.  Foram 23 votos a favor, 10 contra e quatro abstenções  pelo adiamento das eleições até o termino da greve dos docentes.

Os 23 votos favoráveis ao adiamento do Segundo Turno das Eleições  que ocorreriam no dia 30 deste mês, votaram no parecer do  relator do processo  professor Djail dos Santos que se baseou  no artigo 52 da Resolução nº 01/2012 do Conselho Universitário, que regulamenta  a consulta a comunidade universitária. A Resolução diz que em situação de anormalidade a data da eleição pode ser adiada.

Por outro lado, no seu parecer o relator informa  que após a retomada das atividades normais de funcionamento da  instituição será realizada uma nova reunião extraordinária do CONSUNI, nos prazos regimentais após o término da greve dos servidores docentes, com o fim de deliberar sobre a nova data de realização da segunda etapa do processo eleitoral junto à Comunidade Universitária, visando subsidiar a lista tríplice para a escolha do Reitor e Vice da instituição.

De acordo com o Reitor Rômulo Polari, a decisão de adiamento ou não teria que ser apreciada pelo Conselho Universitário, já que este representa todos os segmentos da Instituição.

A solicitação de adiamento foi feita ao Conselho pelo professor Antônio Novaes, representante da Chapa 05 encabeçada pela professora Lúcia Guerra. Ao posicionamento de Novaes integrou-se o estudante Wanderley Caixe Filho, do curso de pós-graduação em Letras da UFPB. Caixe  solicitou em requerimento ao Consuni que o Segundo Turno das Eleições só ocorresse com a instituição vivendo a sua normalidade acadêmica.

Depois de três horas de muito debate, os partidários das duas candidatas que vão ao Segundo Turno, Lúcia Guerra e Margareth Diniz,  fizeram muito barulho no prédio da Reitoria, uns protestando e outros sendo favoráveis à decisão do Conselho Universitário.

 

 

 

Agência de Notícias da UFPB

Outras Notícias

Últimas Notícias

© Copyright 2012 Portal Pedra Bonita - Email: contato@portalpedrabonita.com.br