20 de maio de 2012 - 02:21

Secretaria da Saúde capacita profissionais que atuam no controle do tabagismo

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) realiza nas próximas quarta-feira (23) e quinta-feira (24) uma capacitação destinada aos profissionais que atuam no controle do tabagismo na Paraíba. As atividades acontecem em parceria com a Agência Estadual de Vigilância Sanitária da Paraíba (Agevisa). Foram disponibilizadas três vagas para cada Centro de Referência no Tratamento do Fumante.

A abertura do evento vai contar com a presença da representante do Instituto Nacional do Câncer (Inca), a psicóloga Vera Borges, que trabalha com o tratamento de fumantes. Durante toda a manhã da quarta-feira, serão debatidos temas como a dependência do tabagismo e fatores que dificultam o fim do vício. No período da tarde, será a vez de discutir as bases para abordagem do tratamento do fumante e o apoio de medicamentos no tratamento.

Na manhã da quinta-feira, a SES vai apresentar um panorama sobre a situação do tabagismo no Estado e a Agevisa vai falar sobre as leis de combate ao tabagismo na Paraíba. À tarde, os Centros de Referência no Tratamento do Fumante dos municípios de Sumé, Campina Grande e Princesa Isabel farão uma apresentação sobre o funcionamento do programa de controle do tabagismo em suas cidades. Em seguida, será discutida a atuação das Vigilâncias Sanitárias de João Pessoa, Cabedelo e Patos. O evento será encerrado com um coffee break. A SES está disponibilizando hospedagem e alimentação para os profissionais.

Dia Mundial de Combate ao Tabagismo – No dia 31 de maio, Dia Mundial de Combate ao Tabagismo, a SES vai promover um evento no 1º Batalhão da Polícia Militar da Paraíba,em João Pessoa. Serão realizadas palestras, ações de saúde e orientações nutricionais e psicológicas para os policiais militares.

De acordo com a chefe do Núcleo de Doenças e Agravos não Transmissíveis da SES, Gerlane Carvalho, o tratamento para parar de fumar é totalmente gratuito. Ela lembra que nem todos os fumantes precisam fazer uso de medicamentos para acabar com o vício. “Alguns param de fumar só com as sessões e acompanhamento psicológico. Depende do grau de dependência da nicotina, que é avaliado pelo médico. Os pacientes que têm um grau de dependência maior precisam da medicação”, orienta.

Dados – De acordo com o Inca, na Paraíba há 511.480 fumantes e 99.720 deles (19,49% do total) estãoem João Pessoa. Em todo o Estado, mais de 2,5 mil pessoas morrem, por ano, em decorrência do uso do cigarro. O tabagismo é um dos fatores de risco mais fortes para o aparecimento de câncer na população paraibana.

Os hospitais de referência no Estado no combate aos tipos de câncer relacionados ao uso do tabaco – pulmão, esôfago e laringe – são o Napoleão Laureano, Oncoclínica e Hospital Universitário Lauro Wanderley,em João Pessoa, e Hospital da Fundação Assistencial da Paraíba (Fap) e Hospital Universitário Alcides Carneiro (HUAC),em Campina Grande.

 

 

Secom/PB

Outras Notícias

Últimas Notícias

© Copyright 2012 Portal Pedra Bonita - Email: contato@portalpedrabonita.com.br