19 de maio de 2012 - 06:30

CANCELADO

CANCELADO

A prefeita de Emas Fernanda Loureiro anunciou o cancelamento das festividades juninas no município. Com essa medida, ela segue exemplo de outros gestores da Paraíba, que, tentam dispor de mais recursos sem as despesas com essas festas. É esperada essa decisão em mais cidades do Vale. Segundo dados estatísticos oficiais, haverá um colapso de abastecimento d’água esse ano na maioria das cidades da região, isso, ocasionado pela maior estiagem da história.

 

PINTO PROTESTA

O sanfoneiro Pinto do Acordeom, natural de Conceição, está revoltado com os defensores da suspensão das festas juninas por causa da seca. “Nós passamos o ano todo com fome e na hora de comer aparece essa gente querendo botar terra”, desabafou Pinto. As festas juninas sempre foram às preferidas pelo povo, mas diante das dificuldades é possível que alguns gestores repensem a realização. É como diz Pedro Filho “Galo sem milho não canta” e pinto sem festa, não pia.

 

PROVA DE AMOR

Muito se fala nos tempos atuais da perda do romantismo nas relações interpessoais, em especial, entre homens e mulheres, casais. Em se tratando da opinião feminina, os homens não são mais os mesmos. Com raras exceções, podemos ouvir falar de homenagens marcantes e atitudes capazes de mexer com o “Universo feminino”. Em Piancó o advogado Júnior Remigio resolveu inovar e propor a mudança no nome da cidade para Gil Galdino, ex-prefeito e pai da atual prefeita.

 

PROVA DE AMOR II

A intenção é boa, relevante sob o ponto de vista da homenagem a um grande político e exemplo de figura humana, destacada ao longo do percurso histórico. Mas, será que é essa mesma a intenção do advogado? Ou seria uma maneira de deixar sua companheira, a prefeita Flávia Galdino, feliz com tal iniciativa. O fato é que estamos a menos de trinta dias do início da festa de Santo Antônio, santo casamenteiro, padroeiro da cidade, e do dia dos namorados também. Pense numa ideia brilhante.

 

PÁDUA REVOLTADO

O vereador Pádua Leite (PT) de Piancó se opõe a tentativa de mudar o nome da cidade de Piancó por Gil Galdino. Conforme Pádua, não faz sentido uma propositura como essa. O nome Piancó é histórico, faz parte da existência e povoamento das populações dessa região, inclusive dando nome ao Vale e ao rio que corta essa localidade. Se querem homenageá-lo usem o nome de uma rua, ou um prédio público. Um movimento hostil a essa mudança começa a ganhar força na cidade.

 

PREFEITA ORGULHOSA

Flávia Galdino, filha de Gil Galdino, prefeita de Piancó está nas nuvens com essa possibilidade. Para ela seria o ápice da satisfação pessoal. Filha de Gil, conviveu com Gil, foi eleita por Gil, seguia a orientação de Gil, recebeu ensinamentos de Gil, orgulha-se de dizer que é filha de Gil. E agora com a mudança de nome quer ficar na história por ter sido prefeita de Gil Galdino (provável nome) por oito anos. Ah ia me esquecendo, daqui a quatro anos, voltar a administrar a pobrezinha de Gil.

 

REVELAÇÃO DE COBAL

No último Sábado no estádio Zezão, em conversa e discussão com algumas figuras políticas da cidade, ouvi de um deles uma confissão que prenuncia uma mudança nos rumos políticos de Itaporanga. Em determinado momento, Cobal, com seu comportamento peculiar, nos revelou que o ex-prefeito Porcino se filiará em breve ao PDT de Itaporanga, sendo assim alçado por uma conjuntura nacional a líder maior da legenda nessa cidade. Obra do ex-ministro Carlos Lupi.

 

REVELAÇÃO DE COBAL II

Cobal, revelou que isso ocorrerá em breve, como parte de um acordo firmado com lideranças Pedetistas do estado de São Paulo. Essa mesma informação havia sido ventilada há poucos dias por outro assessor de Porcino. Ainda durante a conversa, o professor também fez duras criticas ao modelo de gestão do governador Ricardo Coutinho no estado, fazendo também uma previsão catastrófica para o atual gestor. “Ricardo não ganha mais, quem será o governador é Cássio”. E Cobal já ta votando no menino de Campina? Pelo visto esse acordo só não foi bom para o “Mago”.

 

PLANO MAQUIAVÉLICO

Um “Cavaleiro do Apocalipse” dias atrás me confidenciou que existe uma trama por trás de tudo isso. Porcino teria um plano em curso para colocar em prática, como se fosse uma carta na manga. Se Will permanecer aliado de Djaci e abençoar a aliança entre o prefeito e ele o PDT fica como está. Caso haja rebeldia por parte de Will, haveria uma intervenção nacional no diretório municipal. Alçando o sindicalista a presidente da legenda, e dando um “Currupi” daqueles, digno de Homero Gomes Treteiro em Will, não permitindo assim que o mesmo possa se candidatar, caso decida.

 

EDIVAN QUER TERMINAR O SERVIÇO

O prefeito afastado de Catingueira, Edivan Félix, disse que vai já a partir desta semana procurar os meios legais para reaver seu mandato. Conforme o mesmo, o fato de não ter condenação na justiça, e sim acusações, lhe dará o direito de buscar voltar ao mandato que lhe foi outorgado pelo povo. A “Muda” é tão boa, que o cabra não quer viver sem ela. É como no refrão da música do Araketu – “Mal acostumado, você me deixou, mal acostumado… ou uma propaganda do POLISHOP. “Edivan Félix, realiza o serviço completo, ou você receberá seu dinheiro de volta”. É brincadeira.

 

VOLTA TRIUNFANTE

Ao retornar a cidade onde administrava até semana passada, após permanecer preso por alguns dias e ser liberado por força de pagamento de fiança de R$ 31.000, Edivan Félix teve uma recepção digna de imperador romano. As pessoas se aglomeraram nas ruas, carreata, passeata, fogos e muita cerveja. O detalhe, quem pagou a fiança foi o próprio povo, com campanha de doações em todo o município para ajudar na soltura do pobre gestor, que confidenciava não ter dinheiro para pagar.

 

A CULPA É DO POVO

Um amigo meu que dirigia da BR 361 ficou impressionado com aquela manifestação. Disse ele a outro confrade. “O Fluminense tem muito torcedor aqui, antes mesmo de ser campeão carioca (último Domingo) já estão nas ruas comemorando”. Só foi ruim para o Botafogo, vice-campeão e para o povo de Catingueira que além de não saber votar, também não sabem onde investir bem seu dinheiro. Depois disso, cabe uma pergunta. A culpa é dos políticos ou do povo? Com a resposta…

 

OPERAÇÃO DA POLICIA FEDERAL

A PF revelou que a ‘Operação Amaltéia’ foi deflagrada em 11 municípios paraibanos. Além de João Pessoa, policiais também estiveram atuando em Patos, Monteiro, Taperoá, Cajazeiras, Boa Vista, Cabedelo, Santa Luzia, Belém, Campina Grande e Sousa. A Polícia Federal suspeita que produtos químicos, a exemplo de soda cáustica, estariam sendo colocados, por empresários, no leite que é fornecido à FAC. Esqueceram-se de dizer que água tem demais. É preciso estender essa investigação a toda Paraíba inclusive a outras regiões do estado não investigadas nesse primeiro momento.

 

GATUNOS DO LEITE

Notas fiscais frias, adulteração de documentos entre outras irregularidades ocorriam no programa do leite da Paraíba. Nessa operação, ninguém foi preso, mas caso se confirme a fraude os responsáveis podem ser enquadrados em crime de estelionato, falsidade ideológica e formação de quadrilha. Se condenados podem pegar até 21 anos de prisão. Um médico ouvido por nós relatou que caso haja ingestão de soda cáustica os rins e o sistema urinário poderia ser afetado.

 

PEITO DA CABRITINHA

Amaltéia – (ninfeta que amamentou o deus Zeus com o leite de uma de suas cabras), foi o nome apelidado pela PF para esta operação. Também trecho da música de Amazan – “Eu quero é mamar no peito da cabritinha” retrata muito bem a gravidade de mais esse esquema de corrupção. Que roubava e desviava recursos públicos e alimento daqueles que mais precisam. É preciso uma investigação mais ampla, capaz de descobrir outros bezerros desmamados, amamentando-se do leite alheio. Se não bastassem os vampiros, os anões do orçamento, agora temos os chupa cabras.

 

CORRUPÇÃO GENERALIZADA

Que o Brasil é país da corrupção ninguém duvida. Somos o país do futebol, do carnaval, e de outras coisas, mas, em matéria de corrupção, ninguém ousa nem disputar com o nosso país, ao contrário do carnaval e do futebol onde há disputas. Essa prática está inserida na nossa cultura, especialmente a política, como o forró está para o sertanejo. Agora só falta “Levarem até o milho da planta” como diz o ditado “matutês”, pois o resto, já levou os corruptos e a seca também prejudicada pela corrupção. Ainda bem que a PF nos últimos anos, tem se desvinculado da influência política.

 

POLITICANDO ABILIO

Que o ex-deputado Armando Abílio é esperto, nem Antônio Modesto duvida, mas as últimas movimentações do mesmo, deixa algumas dúvidas no ar. No entanto, no último final de semana, ele se reuniu com o governador por longo tempo, para definir o retorno de seu partido oficialmente e seu propriamente a base do governo do estado. Comenta-se na possibilidade da nomeação dele para uma secretaria de estado. Saúde e Desenvolvimento Humano estão em discussão.

 

PTB NA BASE

Essa movimentação política pode mexer com a conjuntura atual da política do vale do Piancó. Uma delas é Itaporanga. Com a entrada de Abílio no governo, Audiberg também adentraria as salas de acesso das autarquias estaduais. Será que foi esse o motivo de o ex-vereador de Itaporanga ter chegado em nossa terra com um sorriso maior do que o “Palhaço Pinikulino” na semana passada?. Ninguém sabe, mas, o que se vê por ai é que “Berguim” tem passado de professor a aluno de Abílio.

 

PIADA DE ARMANDO E O LEITE

Contada por Gilvan Freire, a piada a seguir é contemporânea aos dois assuntos tratados anteriormente. “Quando Armando Abílio era secretário de estado do Desenvolvimento Humano, recebeu a visita com tom de reclamação de alguns fornecedores do programa do leite da Paraíba – “Deputado secretário, o leite diminuiu por causa da seca, o programa paga abaixo do preço de mercado, além disso, o repasse está atrasado, posso adicionar um pouco d’água no leite para diminuir o prejuízo?”, pergunta um dos produtores. Disse Armando “Se ficar branco da cor de leite, não tem problema, ruim é se ficar da cor de água”. Programa Polêmica PB (Quarta-feira 16/05/2012).

 

CONDOLÊNCIA

Foi sepultada na manhã da última quarta-feira, no cemitério Parque das Acácias, em João Pessoa, a funcionária pública federal Vanderly Souto, esposa do vice-prefeito de Nova Olinda, Idácio Souto. Ela foi vítima de acidente automobilístico na noite dessa segunda-feira (14), em Guarulhos, São Paulo, minutos depois de deixar o aeroporto de Cumbica. A Rede RECORD, no programa “Balanço Geral” com Geraldo Luís, mostrou para todo Brasil o sofrimento da família, especialmente do esposo. Comoveu todo país a atitude de Idácio após a confirmação da morte da mesma.

 

NOTA DO PSB

Divulgada esta semana, através de meios de comunicação da cidade, uma nota de esclarecimento do partido acerca da reunião realizada esta semana em João Pessoa para tratar da aliança entre partidos da base do governo em Itaporanga. A nota desmistifica alguns comentários divulgados na cidade, esclarecendo verdadeiramente os participantes e o teor desse encontro. Conforme um dos participantes a intenção foi apenas ouvir do prefeito Djaci a confirmação da aliança com o PMDB.

 

NOTA DO PSB II

Chico Lopes, um dos participantes dessa reunião, confirmou que não se tratou de nomeação ou indicação de secretários em Itaporanga, nem também a intenção de ocupar espaços até então preenchidos com indicação do ex-prefeito Will Rodrigues. Em contato conosco, Lopes tratou de desmentir as informações. “Will tem sempre o nosso respeito, não agiríamos assim”. Ainda segundo ele, não se falou em retaliações, ameaças ou represálias a ninguém, nem a “Caça as bruxas”.

 

DECISÃO DO PSB

Haverá nos próximos dias, podendo até ser neste final de semana, uma reunião entre membros do diretório municipal do partido para debater a conjuntura política atual na cidade. Durante essa reunião, haverá a deliberação dos rumos e caminhos que a legenda adotará em relação às eleições deste ano. A partir da decisão municipal, o partido pode abrir discussões com outras legendas, mesmo que sejam do campo de oposição, inclusive os neo ricardistas, liderados pelo PTB.

 

AUDIBERG

O ex-vereador e pré-candidato a prefeito Audiberg Alves (PTB) refuta e rechaça as informações de desistência a sua pré-candidatura. Não se discutiu nada disso na reunião que fizemos esta semana, tratamos apenas de estrutura de campanha, finaliza ele. Ainda conforme o mesmo, havia uma ideia de fechamento da chapa oposicionista, mas, é importante continuar dialogando com setores e partidos na tentativa de uma maior coalizão de forças. Audiberg afirma com todas as letras continuar com seu nome a disposição das oposições para as disputas esse ano.

carlos.miguel

Carlos Miguel

Política

Natural de Itaporanga, Sertão da Paraíba, 34 anos, profissional de saúde, licenciado em LETRAS, estudante do curso de Relações Internacionais da UEPB, Campus V. Experiência em programas radiofônicos nas emissoras: Rádio Boa Nova FM, Rádio Vale FM. Correio do Vale AM. Escreveu nos jornais de circulação do Vale do Piancó: Folha do Vale e “O Semanário”. Comentarista político do programa Jornal da Cidade da Boa Nova FM.

Outras Notícias

Últimas Notícias

© Copyright 2012 Portal Pedra Bonita - Email: contato@portalpedrabonita.com.br