15 de maio de 2012 - 09:47

Greve à vista: 20 mil alunos universitários ficarão sem aulas por tempo indeterminado na Paraíba

Os professores da Universidade Federal de Campina Grande (UFCG) decidiram nesta segunda-feira (14), deflagrar greve por tempo indeterminado a partir da próxima quinta-feira (17). A decisão foi tomada por unanimidade durante uma assembléia realizada pela Associação dos Docentes da Universidade Federal de Campina Grande (Adufcg).

Os professores alegam que o Governo Federal não cumpriu um acordo firmado em agosto do ano passado, quando foi aprovado a incorporação das gratificações no vencimento básico. Com isso, mais de 20 mil alunos devem ficar sem aulas nos sete campi da instituição. Os servidores técnico-administrativos também ameaçam entrar em greve a partir do dia 10 de junho.

De acordo com o presidente da Adufcg, Gonzalo Adrian Rojas, quase 1,5 mil professores cruzaram os braços na próxima quinta, nos campi de Campina Grande, Cuité, Sumé, Patos, Sousa, Cajazeiras e Pombal.
Gonzalo explicou que o vencimento base dos docentes é de apenas R$ 557,51 para uma carga horária de 20 horas semanais.

Na quinta-feira, os membros da Adufcg irão também realizar um ato público junto aos estudantes e servidores técnicos administrativos. O objetivo é demonstrar a importância da greve e o ‘desrespeito do Governo Federal com a categoria.

 

 

Portal Correio

Outras Notícias

Últimas Notícias

© Copyright 2012 Portal Pedra Bonita - Email: contato@portalpedrabonita.com.br