14 de maio de 2012 - 07:52

Governo destina R$ 4 mi para reforma da Vila Olímpica

O governador Ricardo Coutinho anunciou, no início da tarde desta segunda-feira (14), a autorização na ordem de R$ 4 milhões para reforma da Vila Olímpica Ronaldo Marinho, o antigo Dede, em João Pessoa. “A partir desses serviços iniciais, nossa expectativa é que o complexo esportivo possa se tornar um possível centro de treinamento para qualquer seleção que queria se hospedar em João Pessoa durante a Copa do Mundo de Futebol, em 2014”, disse.

O anúncio foi feito durante o programa Fala Governador, transmitido pela rádio Tabajara, nesta segunda. Segundo Ricardo, as intervenções na Vila Olímpica integram discussões antigas do Governo. “Desde o ano passado pedi um projeto à Superintendência de Obras do Plano de Desenvolvimento do Estado (Suplan), para o centro esportivo, no valor de R$ 4 milhões”, frisou. No entanto, a execução do projeto não havia iniciado até então, devido à espera do Governo do Estado por uma resposta do Governo Federal.

Em 2011, quando o ministro dos Esportes, Orlando Silva, esteve em João Pessoa para participar da abertura das Olimpíadas Escolares Brasileiras, ele anunciou verbas de R$ 4 milhões para a reforma da Vila. “Como a liberação desses recursos não aconteceu, ficamos em situação complicada. Agora, então, estou retirando dinheiro de qualquer outra rubrica, para fazer a obra com recursos próprios do Estado”, explicou Coutinho.

Interdição – Na manhã do último dia 8, uma das paredes do ginásio II da Vila desmoronou, derrubando também parte da cobertura. Por apresentar várias deficiências na estrutura, o ginásio II está isolado há mais de três anos, sem receber atletas para a realização de quaisquer atividades. A sala de dança, por se encontrar ao lado do ginásio, também está fechada desde outubro passado.

Segundo o superintendente da Suplan, Ricardo Barbosa, o desmoronamento de parte da estrutura do ginásio II não veio a motivar uma providência emergencial por parte do Governo do Estado, pois este já vinha trabalhando com processos licitatórios voltados para serviços na Vila Olímpica, que acabaram suspensos para serem inseridos em projetos de reforma mais amplos.

De acordo com ele, os R$ 4 milhões anunciados pelo governador para a obra substituem o valor de R$ 878 mil autorizado em convênio de descentralização de crédito orçamentário, publicado no último dia 5 de maio, no Diário Oficial do Estado – antes mesmo do desmoronamento. O valor antigo estava definido, especificamente, para a reforma dos ginásios I e II da Vila Olímpica. “Agora, com o novo valor, estamos discutindo a ampliação das prioridades”, destacou.

 

 

Secom/PB

Outras Notícias

Últimas Notícias

© Copyright 2012 Portal Pedra Bonita - Email: contato@portalpedrabonita.com.br