14 de maio de 2012 - 07:46

Vice-presidente da Argentina é denunciado por enriquecimento ilícito

BUENOS AIRES – O vice-presidente da Argentina, Amado Boudou, foi denunciado hoje pela Justiça do país sob suspeita de enriquecimento ilícito e lavagem de dinheiro, após denúncia inicial apresentada por um jornalista.

O promotor Jorge Di Lello encaminhou pedido de investigação contra Boudou, a namorada dele, Agustina Kampfer, e os empresários Alejandro Vandenbroele e José María Núñez Carmona, que já estão envolvidos em outra causa, na qual são investigados por suspeita de serem testas-de-ferro do vice-presidente em negócios que envolvem a compra de uma gráfica com contratos de impressão de papel-moeda para a Casa da Moeda da Argentina.

Segundo a denúncia do jornalista Cristian Sanz, Boudou “não só seria partícipe de operações suspeitas, incompatíveis com sua função de servidor público, as quais o incriminariam em vários delitos que estão sendo investigados pela Justiça Federal, mas também, de enriquecimento ilícito”.

O vice-presidente é suspeito de tráfico de influência e enriquecimento ilícito pela suspeita de participação acionista direta ou indireta na Companhia de Valores Sul-americana S.A (ex-Ciccone) e London Supply; compras de terrenos e apartamentos de preços elevados; contas correntes, poupanças e aplicações de volumes não condizentes com o salário de funcionário público nos últimos 10 anos.

As denúncias contra Boudou explodiram em fevereiro, quando a ex-esposa de Vandenbroele foi à Justiça e apresentou o que qualificou como provas do envolvimento de ambos em negócios ilegais. A presidente Cristina Kirchner tem dado amplo apoio a seu vice, com declarações em sua defesa por parte de ministros.

 

 

Estadão

Outras Notícias

Últimas Notícias

© Copyright 2012 Portal Pedra Bonita - Email: contato@portalpedrabonita.com.br