11 de maio de 2012 - 09:36

Lucro da Caixa cresce 46,1% no primeiro trimestre do ano e soma R$ 1,2 bi

A Caixa Econômica Federal registrou no primeiro trimestre deste ano lucro de R$ 1,2 bilhão, um crescimento de 46,1% em relação ao mesmo período do ano anterior, com retorno sobre patrimônio líquido médio de 25,3%.

Com cerca de R$ 270 bilhões no final de março, a carteira de crédito apresentou crescimento de 41,1% em 12 meses e de 7,7% no trimestre. Com isto, a instituição elevou para 13% sua participação no mercado, aumento de 2,1 ponto percentual (p.p.) em um ano, enquanto a inadimplência se manteve estável na faixa de 2,0%.

Com crescimentos de 31,7% e 18,6%, as receitas de operações de crédito e as rendas com prestação de serviços encerraram o período totalizando R$ 8,2 bilhões R$ 3,3 bilhões, respectivamente.

O total de ativos administrados atingiu R$ 1,1 trilhão, dos quais R$ 558,1 bilhões são ativos próprios, que apresentaram evolução de 29,4% frente a igual período do ano anterior. Destacaram-se ainda R$ 300,7 bilhões em Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) e R$ 161,4 bilhões em fundos de investimento de rede e exclusivos.

O saldo das cadernetas de poupança cresceu 16,7% em 12 meses e encerrou o mês de março com R$ 154,7 bilhões, o que representa participação de 36,1% no mercado, com ganho de 0,27 p.p de share somente no primeiro trimestre do ano.

O patrimônio líquido consolidado atingiu R$ 20,5 bilhões em março, evolução de 17,5% em 12 meses. O patrimônio de referência era de R$ 40,4 bilhões, enquanto o Índice de Basiléia alcançou 12,8%.

No período, também foi destaque a presença da instituição no País, atingindo 100% dos municípios, com 45,7 mil pontos de atendimento.

 

Programas de governo

A Caixa Econômica Federal é o principal agente financeiro das políticas públicas do governo federal e está à frente dos principais programas, como o Minha Casa, Minha Vida (PMCMV), o Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) e o Bolsa Família.

As contrações imobiliárias realizadas dentro do PMCMV somaram R$ 42,9 bilhões referentes a 601,7 mil novas moradias, que beneficiaram cerca de 2,4 milhões de pessoas.

Em operações de microcrédito, a Caixa aplicou, no trimestre, R$ 80,9 milhões, dos quais R$ 73,9 milhões correspondem a contratações do Programa Crescer, lançado em agosto de 2011, para incentivar a geração de trabalho e renda para empreendedores formais e informais com faturamento anual de até R$ 120 mil. O programa atendeu a 9 mil clientes, dos quais, 1 mil são beneficiários do Bolsa Família.

De janeiro a março deste ano, a instituição bancária foi responsável ainda pela distribuição de 71 milhões de benefícios sociais e ao trabalhador, totalizando R$ 38,4 bilhões.

Somente o Bolsa Família, que corresponde a 96% dos programas sociais, pagou 37,2 milhões de benefícios, no total de R$ 4,4 bilhões, evolução de 25,7% em relação ao mesmo período do ano anterior.

Com relação aos benefícios ao trabalhador, a Caixa pagou R$ 18,8 bilhões, referentes a 24,4 milhões de benefícios a título de previdência social, seguro-desemprego, PIS e abono salarial. Também foram efetuados 8,6 milhões de saques no FGTS, somando R$ 15 bilhões.

 
Caixa Econômica Federal

Outras Notícias

Últimas Notícias

© Copyright 2012 Portal Pedra Bonita - Email: contato@portalpedrabonita.com.br