7 de maio de 2012 - 07:22

Vice-prefeito de Catingueira toma posse

(Médico Odir Pereira Borges Filho, novo prefeito de Catingueira)

O vice-prefeito da cidade de Catingueira tomou posse neste fim de semana depois que o prefeito José Edivan Félix (PR) foi preso durante a Operação Dublê, da Polícia Federal. O ex-chefe municipal foi afastado de suas funções por determinação judicial, devido às suspeitas de envolvimento em um esquema de desvio de R$ 5 milhões de verbas públicas em benefício particular. No total, sete pessoas estão presas. Além do ex-gestor, são suspeitos de envolvimento secretários municipais, funcionários públicos e empresários.

O ex-prefeito de Catingueira, José Edivan Félix (PR), foi preso na sexta-feira (4/05), quando a operação foi deflagrada. Ele prestou depoimento e foi encaminhado ao Presídio Regional Romero Nóbrega, na cidade de Patos. Quem assumiu a chefia foi o médico Odir Pereira Borges Filho, durante sessão ordinária ocorrida no sábado (5/05) na presença de cinco vereadores.

No sábado, a PF começou a analisar o material apreendido na sede da prefeitura e em escritórios de empresas que prestavam consultoria para a confecção de licitações fraudulentas.

Como funcionava o esquema
Segundo a Polícia Civil, o dinheiro desviado seria de programas do governo federal. Para fazer uso particular dos recursos, os políticos e funcionários públicos teriam sacado valores nas tesourarias das prefeituras e criado licitações fictícias com notas fiscais clonadas. A falsificação serviria para prestar contas aos orgãos fiscalizadores, como o Tribunal de Contas do Estado da Paraíba.

Conforme a PF, os envolvidos no esquema podem ser indiciados pelos crimes de responsabilidade de prefeitos, fraude a licitação, falsidade ideológica e formação de quadrilha.

 

Redação com G1 Paraíba

Outras Notícias

Últimas Notícias

© Copyright 2012 Portal Pedra Bonita - Email: contato@portalpedrabonita.com.br