20 de março de 2018 - 08:34

Câmara fará sessão solene para celebrar Dia Internacional do Direito à Verdade

Nesta quinta-feira (22), uma sessão solene na Câmara vai comemorar o Dia Internacional do Direito à Verdade, sobre graves violações aos direitos humanos e da dignidade das vítimas. A data comemorativa oficial é 24 de março, sábado, e foi instituída pela ONU em 2010 para relembrar o dia em que foi executado com um tiro no peito o bispo Dom Oscar Romero, em El Salvador.

Dom Oscar Romero foi morto por se opor aos métodos da ditadura e às constantes violações dos direitos humanos naquele país da América Central.

No Brasil, a data será comemorada pela primeira vez este ano, depois da sanção, em janeiro, da lei que inclui a homenagem no calendário oficial (Lei 13.605/2018).

A comemoração foi instituída depois da aprovação de projeto de lei (PL 4903/12) apresentado pela deputada Luiza Erundina (Psol-SP). Ela anunciou que neste ano a homenagem será estendida à vereadora carioca Marielle Franco, do Psol, assassinada no Rio de Janeiro na semana passada junto com o motorista Anderson Gomes.

Para Luiza Erundina, a sessão solene na Câmara e um ato previsto para sábado na PUC de São Paulo servirão de alerta para a ameaça aos direitos humanos no Brasil.

“Vamos procurar dar força e sentido a esses eventos no sentido de retomar, com muito mais energia, organização e força, a resistência ao retrocesso e à ameaça concreta aos direitos humanos e também os riscos graves à democracia e ao estado democrático de Direito no nosso país”, afirmou Erundina.

Intervenção no Rio
Atuante na defesa de direitos humanos e integrante também do movimento LGBT e negro, Marielle Franco chegou a denunciar, antes de morrer, abusos cometidos por policiais contra jovens da periferia já na vigência da intervenção federal no Rio de Janeiro.

O bispo católico Dom Oscar Romero foi assassinado em 1980 quando celebrava uma missa na capela do Hospital da Divina Providência, em San Salvador, capital de El Salvador. A execução é atribuída a militares do Esquadrão da Morte de El Salvador, a mando da ditatura que governava o país.

Trinta e oito anos depois, Dom Oscar Romero será reconhecido como santo da Igreja Católica em cerimônia de beatificação prevista para este ano pelo Vaticano.

Informações
A sessão solene na Câmara dos Deputados acontece dia 22 de março, no Plenário Ulysses Guimarães, às 9h. Já a celebração do Dia Internacional da Verdade será no dia 24 de março, na PUC de São Paulo, às 13h30.

ÍNTEGRA DA PROPOSTA:

Agência Câmara Notícias

Outras Notícias

Últimas Notícias

© Copyright 2012 Portal Pedra Bonita - Email: contato@portalpedrabonita.com.br