17 de outubro de 2016 - 02:38

Escolas vão receber 2 mil cisternas até o fim do ano

Para atender a regiões que sofrem por longos períodos de estiagem, o governo planeja entregar 2 mil cisternas escolares nas áreas rurais ainda em 2016. A água armazenada servirá tanto para consumo como para o preparo dos alimentos da merenda escolar

Segundo o Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário (MDSA), neste ano foram entregues 35 mil cisternas para consumo humano e 10 mil tecnologias sociais de acesso à água.

Esses benefícios são parte do Programa Nacional de Apoio à Captação de Água de Chuva e outras Tecnologias Sociais (Programa Cisternas), por meio da implementação de tecnologias sociais simples e de baixo custo.

Além de estimular o uso de tecnologias para obtenção de água, o programa atua na estruturação das famílias para promover a convivência com a escassez de chuva.

Nos últimos anos, o Programa Cisternas beneficiou quase 1,3 milhão de famílias com as cisternas de 16 mil litros em 1.222 municípios de 14 estados. Cada reservatório usado para consumo humano atende uma família de até cinco pessoas num período de estiagem de oito meses.

As prioridades do programa são famílias rurais de baixa renda atingidas pela seca ou falta regular de água, com prioridade para povos e comunidades tradicionais. Para participar do Programa, as famílias devem estar inscritas no Cadastro Único para Programas Sociais do governo federal.

O programa conta com três tipos de cisternas: a familiar, instaladas ao lado das casas e com capacidade de armazenar 16 mil litros de água potável; a escolar, instaladas em escolas do meio rural e com capacidade de armazenar 52 mil litros de água potável; e voltada para produção, com capacidade de 52 mil litros de água, de uso individual ou coletivo das famílias.

Com um investimento de aproximadamente R$ 3,1 mil, é possível reservar água suficiente para manter uma família de cinco pessoas durante oito meses de estiagem. Já as tecnologias voltadas para a produção de alimentos custam em média R$ 10 mil. O programa é pensado para que as famílias e os produtores possam continuar suas atividades até a chegada do período de chuvas.

 

Portal Brasil, com informações do MDSA

Outras Notícias

Últimas Notícias

© Copyright 2012 Portal Pedra Bonita - Email: contato@portalpedrabonita.com.br