14 de julho de 2016 - 07:19

Morre cineasta Hector Babenco, aos 70 anos

Um dos mais importantes cineastas do País, Hector Babenco faleceu na noite desta quarta-feira (13), aos 70 anos, vítima de infarto. Sua expressiva produção reúne obras como Carandiru(2003), Pixote (1980) e O Beijo da Mulher Aranha (1986) – pelo qual concorreu ao Oscar de diretor e rendeu a estatueta de melhor ator a William Hurt. Sônia Braga também atuou na produção, que contribuiu para elevar a cultura nacional aos olhos estrangeiros.

A importância de Babenco para a cultura brasileira foi reconhecida pelo Ministério da Cultura (MinC) com a horaria da Ordem do Mérito Cultural. Ele foi um dos agraciados da classe Comendador, na edição de 2011 da condecoração. Babenco era argentino e se radicou brasileiro até ser naturalizado, aos 31 anos.
 “A cultura, particularmente o audiovisual, perde repentinamente um de seus referenciais. Argentino de alma brasileira, soube no seu jeito de dirigir evidenciar a cara do cinema nacional, até mesmo no plano internacional. Estava feliz e realizado por concretizar seu filme autobiográfico em alto estilo”, exaltou o secretário do Audiovisual, Alfredo Bertini.
Ao citar o viés autobiográfico, o secretário refere-se especialmente à produção mais recente de Babenco, Meu amigo hindu, lançada em 2016. O filme retrata um cineasta (William Dafoe) vítima de câncer no sistema linfático – Babenco enfrentou a doença com sessões de quimioterapia em 1990.
Junto ao público, o sucesso se reflete em salas de cinema lotadas. De acordo com a Agência Nacional do Cinema (Ancine), o filme Carandiru figura na lista de maiores públicos das salas nacionais. Com os mais de 4,69 milhões de expectadores, conquistou a 15ª posição no rol de produções lançadas entre 1970 e 2015. Baseado no livro Estação Carandiru, do médico Drauzio Varella, o filme aborda o cotidiano da extinta Casa de Detenção – mais conhecida como Carandiru – e o massacre de detentos ocorrido na década de 1990.
É com pesar que o Ministério da Cultura se une à família, aos amigos e aos admiradores do diretor Hector Babenco.
Assessoria de Comunicação Ministério da Cultura

Outras Notícias

Últimas Notícias

© Copyright 2012 Portal Pedra Bonita - Email: contato@portalpedrabonita.com.br