1 de julho de 2016 - 01:21

Concerto da OSUFPB homenageia trombonistas

O concerto da Orquestra Sinfônica da Universidade Federal da Paraíba (OSUFPB) nesta sexta-feira (1º) vai homenagear os músicos Radegundis Feitosa, Adenilton França e Roberto Ângelo, que foram vítimas de acidente fatal no ano de 2010. Os três trombonistas tinham ligação com a UFPB, na condição de docente ou discente, prestando grande contribuição artística e acadêmica à sociedade e que deixaram uma lacuna na cena cultural do estado e do país. O concerto acontecerá na Sala Radegundis Feitosa, que leva o nome de um dos homenageados e que é local consagrado para as apresentações da OSUFPB. O evento terá início às 20h e a entrada é gratuita.

Este concerto é o ponto culminante da programação desta sexta-feira, cuja data – 1º de julho, passou a ser consagrada, na cidade de João Pessoa, como o “Dia do Trombone”, através da lei de número 1.834, aprovada em 26 de abril deste ano pela Câmara Municipal da capital. O primeiro dia de julho é a data de aniversário de morte dos três trombonistas que serão homenageados neste concerto.

O repertório foi preparado especialmente para representar os músicos lembrados, incluindo obras dos consagrados compositores brasileiros Ernesto Nazareth, Carlos Gomes e também do compositor italiano Benedetto Marcello, este último com obra interpretada pelo trombonista mineiro Marcos Flávio, convidado especialmente para fazer o solo junto à OSUFPB.  O concerto também contará com a participação do grupo Paraibones, coral de trombones formado por alunos e ex-alunos do Departamento de Música da UFPB (DeMus). A regência é do maestro Carlos Anísio.

O concerto é precedido por uma pequena palestra de abertura, que desta vez será proferida pelo professor do DeMus Sandoval Moreno, que coordena o “Dia do Trombone” e que comentará as obras apresentadas. A palestra ocorre quinze minutos antes da atuação da Orquestra e por esse motivo a coordenação da OSUFPB recomenda que o público comece a chegar pelo menos meia hora antes do início do concerto.

Convém ressaltar que, por motivo de segurança, a coordenação do Laboratório de Música Aplicada (LAMUSI) da UFPB, que administra a Sala Radegundis Feitosa, não permitirá, em hipótese alguma, o acesso ao público quando a Sala alcançar sua lotação máxima, que é de 300 pessoas.

Este é o sétimo concerto de uma série de cerca de vinte apresentações quinzenais programadas para este ano, contemplando clássicos da música universal e produções de professores e alunos dos Departamentos de Música e Educação Musical da UFPB.

A OSUFPB pertence ao Centro de Comunicação, Turismo e Artes e é ligado aos Departamentos de Música e Educação Musical da instituição. A Orquestra tem finalidades pedagógicas que envolvem professores e alunos da UFPB, além de contribuir para a formação de plateia para o público pessoense. Atualmente conta com dezesseis músicos fixos e com a participação de professores e alunos dos cursos de música da UFPB, além de eventuais colaboradores voluntários da cena sinfônica paraibana.

O LAMUSI é coordenado por Leonardo Meira e a OSUFPB está sob a coordenação de Ulisses Silva, professores do Departamento de Música da UFPB.

Contatos pelo telefone (83) 3216-7143.

Agência de Notícias da UFPB

Outras Notícias

Últimas Notícias

© Copyright 2012 Portal Pedra Bonita - Email: contato@portalpedrabonita.com.br