29 de dezembro de 2015 - 07:37

Socialistas querem barrar posse de 8 parlamentares na Venezuela

Integrantes do Partido Socialista, do presidente da VenezuelaNicolás Maduro, entraram com apelos na Corte Suprema contra a eleição de oito parlamentares de oposição. Os opositores, por sua vez, acusam o partido governista de tenta minar sua vitória folgada na eleição realizada neste mês.

O derrotado Partido Socialista e candidatos aliados de seis distritos legislativos também pediram à corte ordens judiciais que pudessem impedir os vencedores de tomarem posse, tirando potencialmente a maioria de dois terços que a oposição ganhou em 6 de dezembro.

A situação alimenta as preocupações com uma iminente luta por poder entre Maduro e um legislativo controlado pela oposição.

“A liderança derrotada entrou com seis novas ações contra a vontade do povo expressa em 6 de dezembro”, escreveu Jesús Torrealba, líder da coalizão opositora Unidade Democrática, na conta dele no Twitter.

Estratégia
A oposição diz que a medida é parte de uma estratégia mais ampla dos socialistas, que incluiria também montar uma assembleia de representantes de organizações sociais no mesmo prédio do Parlamento ou nomear 13 juízes para a Corte Suprema.

O comunicado da Corte Suprema, com data de 28 de dezembro, não disse com que base os ex-candidatos fizeram o apelo contra o resultado eleitoral. A vitória do recurso poderia levar à repetição das eleições.

Um representante da corte afirmou que ninguém estava disponível para comentar o caso.

Eleições
A oposição ganhou 112 assentos de um total de 167, conquistando uma maioria de 67%, o que lhe dá maiores poderes, incluindo a capacidade de demitir ministros.

Se os oito candidatos eleitos não puderem assumir enquanto a corte examina o recurso contra eles, a oposição não será capaz de reunir a maioria de dois terços.

 

 

G1 com Reuters

Outras Notícias

Últimas Notícias

© Copyright 2012 Portal Pedra Bonita - Email: contato@portalpedrabonita.com.br