26 de fevereiro de 2015 - 08:11

PB tem a 7ª pior renda média domiciliar do país, aponta IBGE

Em 2014, o rendimento nominal domiciliar per capita médio do paraibano foi de R$ 682, segundo divulgou o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta quinta-feira (26). O Estado registrou a sétima pior média do Brasil. Os dados integram a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) Contínua.

Nacionalmente, a média de rendimento domiciliar per capita foi de R$ 1.052. O valor é calculado com base no total dos rendimentos domiciliares e o número de moradores, para cada unidade da Federação. As informações divulgadas pelo IBGE serão encaminhadas ao Tribunal de Contas da União e as estimativas servirão de base para o rateio do Fundo de Participação dos Estados (FPE), conforme definido pela Lei Complementar 143, de julho de 2013.

O valor de rendimento da Paraíba só é superior aos estados do Maranhão (R$ 461), Alagoas (R$ 604), Ceará (R$ 616), Pará (R$ 631), Piauí (R$ 659) e Acre ( R$ 670). O Distrito Federal tem o maior rendimento nominal domiciliar entre as 27 unidades da federação, com R$ 2.055; em seguida aparece São Paulo, com R$ 1.432; e o Rio Grande do Sul , com R$ 1.318.

Em nível regional, a Paraíba aparece como quinto maior rendimento. Isso acontece por que a média de todos os estados do Nordeste ficou abaixo de R$ 1 mil. Pernambuco aparece em primeiro, com R$ 802; seguido por Sergipe ( R$ 758), Bahia (R$ 697) e Rio Grande do Norte (R$ 695).

Os rendimentos domiciliares são o resultado da soma dos rendimentos, do trabalho e de outras fontes, recebidos por morador no mês de referência da entrevista, considerando todos os moradores do domicílio.A Pnad Contínua busca, a cada trimestre,informações socioeconômicas em mais de 200 mil domicílios, distribuídos em cerca de 3,5 mil cidades.

 

 

JPOnline

Outras Notícias

Últimas Notícias

© Copyright 2012 Portal Pedra Bonita - Email: contato@portalpedrabonita.com.br