28 de julho de 2014 - 10:27

Treze goleia Paysandu em Campina e faz as pazes com a vitória na Série C

Treze e Paysandu entraram em campo neste domingo em busca de paz na Série C. No fim dos 90 minutos, só o time paraibano conseguiu esse objetivo. Jogando em casa, no Estádio Presidente Vargas, o Galo teve mais competência e fez as pazes com a vitória em grande estilo, vencendo o Papão por 3 a 0 em tarde dos atacantes Rafael Oliveira, que fez dois gols, e Bruno Aquino, que completou o placar.

Treze x Paysandu, pela Série C (Foto: Leonardo Silva/Jornal da Paraíba)
O Treze pressionou o tempo inteiro e proporcionou muito trabalho para o goleiro Douglas, que acabou levando três gols
(Foto: Leonardo Silva/Jornal da Paraíba)

 

Desta forma, o Treze, além de por fim ao jejum de dois jogos sem vitória no torneio – derrota e um empate – chegou aos 10 pontos ganhos saindo da oitava para quinta colocação no Grupo A. Já os visitantes caíram para oitava posição com oito pontos, beirando à zona de rebaixamento.

Pela nona rodada, o Treze só volta a jogar na próxima segunda-feira, quando encara o Salgueiro, sexto colocado, no interior de Pernambuco. O Azulão, por sua vez, receberá no domingo o Crac de Goiás, que está na zona de rebaixamento, com sete pontos.

Rafael Oliveira coloca o Galo em vantagem no primeiro tempo

O Treze começou a partida disposto a fazer as pazes com a torcida, já que vinha de empate com o Fortaleza. Tanto é que dominou o Paysandu durante maior parte do primeiro tempo. Na sua primeira investida, o time alvinegro chegou com perigo com Bruno Aquino. O atacante recebeu de Luciano e chutou forte, de fora da área, mas o goleiro Douglas fez a defesa.

Rafael Oliveira, autor do primeiro gol do Treze contra o Paysandu pela Série C (Foto: Leonardo Silva/Jornal da Paraíba)
Ex-jogador do Paysandu, Rafael Oliveira abriu o placar aos 38 minutos do primeiro tempo no Presidente Vargas
(Foto: Leonardo Silva/Jornal da Paraíba)

 

O Galo seguia pressionando o Papão. E em menos de 15 minutos, teve quatro escanteios. Em um deles, o goleiro do Azulão teve que sair para fazer a defesa. Acuado em seu campo, o Paysandu tentou pegar o Galo nos contra-ataques.

A melhor chance do time visitante veio num contra-ataque. Marcos Paraná avançou e  soltou a bomba, mas a bola passou por sobre o gol de Gilson.

Mas o Treze vinha bem no jogo e tratou de traduzir essa superioridade em gol aos 38 minutos, quando abriu o placar. Jonathan bateu escanteio do lado direito na cabeça de Rafael Oliveira, ex-Paysandu, que mandou para dentro do gol de Douglas. Foi o segundo gol consecutivo do atacante, já que ele havia deixado sua marca diante do Fortaleza, na retomada da Série C.

 

Mais gols e jogadores expulsos no segundo tempo   

O Paysandu voltou para o segundo tempo com Raul e Gabriel Barcos nos lugares de Rafael Tavares e Marcos Paraná. O que não mudou em nada o panorama da partida. Embalado, o time alvinegro não deu chances ao Papão e marcou o segundo gol logo aos 11 minutos. Luciano fez boa jogada e lançou para Bruno Aquino. O atacante avançou e chutou sem chances para Douglas. Treze 2 a 0.

Mesmo com o placar nas mãos, o time galista continuou em cima do adversário e matou o jogo aos 29 minutos, quando Rafael Oliveira marcou mais um contra o ex-clube. O atacante aproveitou a falha da defesa paraense e tocou na saída do goleiro Douglas.

Abatido, o Papão ainda teve dois jogadores expulsos: os laterais Everton Silva e Airton, por faltas duras que originaram o segundo cartão amarelo.

No final, o Galo saiu de campo comemorando o salto para quinta colocação. E o Paysandu amargando a oitava posição, e, consequentemente a sua quinta partida sem vencer.

 

 

 

GloboEsporte.com

Outras Notícias

Últimas Notícias

© Copyright 2012 Portal Pedra Bonita - Email: contato@portalpedrabonita.com.br