20 de julho de 2014 - 08:39

Rebeldes pró-russos liberam acesso parcial ao local da queda do voo MH17

Rebeldes pró-russos permitiram neste sábado (19) o acesso de monitores internacionais e jornalistas à área onde caiu o voo MH17 da Malaysia Airlines, embora homens armados ainda impeçam a aproximação a alguns dos destroços.

No local ainda está a maioria dos corpos das vítimas do avião que caiu no leste da Ucrânia com 298 pessoas a bordo na última quinta-feira (16).

“Não fotografem as pessoas. Estão avisados. Não quero ver ninguém focando nos rostos senão quebro as câmeras”, disse o comandante insurgente que garante a segurança na zona chamada Ugriumi.

A garantia da segurança no local e a preservação das evidências é crucial para que os investigadores tentem descobrir as causas do acidente, embora algumas autoridades tenham sugerido que o cenário da queda já foi comprometido nos dois últimos dias.

“Agora tivemos a possibilidade de ver um pouco mais desse cenário um tanto extenso. Observamos a situação aqui da maneira como nos foi apresentada”, disse Alexander Hug, vice-monitor-chefe da missão de monitoramento especial enviada à Ucrânia pela Organização para a Segurança e Cooperação da Europa.

 

 

UOL

Outras Notícias

Últimas Notícias

© Copyright 2012 Portal Pedra Bonita - Email: contato@portalpedrabonita.com.br