9 de junho de 2014 - 02:41

Cícero revela que, se não for candidato ao Senado, não participará de campanha pelo PSDB

O senador tucano Cícero Lucena revelou que pode não participar da campanha eleitoral deste ano, nem para oferecer apoio ao seu partido, se sua vaga para o Senado Federal não for garantida.

Segundo Cícero, o estatuto do PSDB lhe garante o direito de concorrer à reeleição ao Senado, direito que lhe está sendo tirado pela direção estadual do partido.

“Eu serei um simples expectador. Só não vou bater chapa. Se eu for ao Tribunal Regional Eleitoral para registrar minha candidatura, consigo garantias de que serei candidato. Mas eu não farei isso. O estatuto é o que vale, mas não é este o ponto”, declarou Cícero.

O ponto, para Cícero, seria formar uma aliança mais forte para garantir boa base eleitoral para o projeto do PSDB obter sucesso. Sugeriu até abrir mão da candidatura no caso do PMDB entrar na disputa.

“Eu apresentei a Cássio alguns nomes de possíveis candidatos ao Senado, como José Maranhão, Aguinaldo Ribeiro, eu mesmo, e que, se ele achasse que para consolidar a candidatura seria necessário um acordo com o PMDB, então poderia fazer uso da minha vaga no Senado. Até em uma parceria com Rômulo Gouveia”, declarou Cícero.

Ele questionou a lógica do partido que diz que precisa da vaga para o Senado para outra legenda, mas que tem o presidente do PSDB estadual, Ruy Carneiro, como maior cotado para a vaga de vice-governador na chapa. “Ambos são do PSDB. Eu levei mais partidos para a coligação do que o PTB vai acrescentar em tempo de TV”, reclamou o senador.

Há mais de dois meses o senador não conversa com os dirigentes do seu partido. “Se eu não for candidato também não vou participar da campanha. Se não sirvo para concorrer então porque serviria para apoiar”, questionou.


Paraíba Já com agências locais

Outras Notícias

Últimas Notícias

© Copyright 2012 Portal Pedra Bonita - Email: contato@portalpedrabonita.com.br