23 de abril de 2014 - 07:30

Aplicativo auxilia na divulgação da vacina contra gripe

Para ampliar a mobilização e o alcance do público-alvo da vacinação, aCampanha Nacional de Vacinação Contra a Gripe do Ministério da Saúdecontará com um aplicativo desenvolvido para o Facebook. Com a tecnologia, as pessoas podem marcar na rede social seus amigos que estão dentro do público definido para se vacinar. A campanha começou nessa terça-feira (22) e vai até o dia 9 de maio, sendo o 26 o dia de mobilização nacional.

São 49,6 milhões de pessoas que podem tomar a vacina contra a gripe esse ano. Além das pessoas com 60 anos ou mais, então incluídas crianças de seis meses a menores de cinco anos, trabalhadores de saúde, povos indígenas, gestantes, puérperas (mulheres com até 45 dias após o parto), população privada de liberdade e os funcionários do sistema prisional. Pessoas com doenças crônicas ou com condições clínicas especiais também devem se vacinar.

Para atingir toda essa gama de pessoas, é necessário usar os meios disponíveis de mobilização social. A coordenadora do Programa Nacional de Imunizações (PNI) do Ministério da Saúde, Carla Domingues, acredita que usar as redes sociais se tornou indispensável em campanhas como essa. “Hoje as redes sociais são um grande veículo de informação e comunicação e servirá para esclarecer a população sobre a gripe neste momento. As redes têm um papel fundamental na mobilização para a vacinação”, ressalta Carla.

Aplicativo

aplicativo permite a marcação dos amigos que estão no público-alvo. Ao ser marcado pelo amigo, uma peça com o personagem Zé Gotinha é enviada à linha do tempo lembrando a data de vacinação. Há ainda o uso do Twibbon que permite colocar o Zé Gotinha no avatar das pessoas. Uma aba com “Dúvidas Frequentes” e um vídeo com informações também estarão disponíveis aos usuários da rede social.

Um dos responsáveis pela criação do aplicativo, o publicitário Lucas Gargulha, conta que percebeu que as pessoas, em outras campanhas, estavam marcando seus parentes e amigos para lembrar a vacinação. “Quando tinha uma publicação convocando às pessoas a se vacinarem, espontaneamente alguém ia lá e marcava um amigo, então a gente resolveu desenvolver esse aplicativo para facilitar essas marcações e até instigar mais pessoas a marcarem os amigos”, explica Lucas.

Se você conhece alguém que faz parte do grupo prioritário, use o aplicativo e lembre seus amigos, familiares ou colegas que eles precisam se imunizar. A vacinação é até o dia 9 de maio e ajuda a reduzir às contaminações pelo vírus da gripe, inclusive evitando possíveis óbitos

Segurança

A escolha dos grupos prioritários segue recomendação da Organização Mundial de Saúde (OMS). Esta definição também é respaldada por estudos epidemiológicos e pela observação do comportamento das infecções respiratórias, que têm como principal agente os vírus da gripe. São priorizados os grupos mais suscetíveis ao agravamento de doenças respiratórias.

A vacina contra gripe é segura e reduz as complicações que podem produzir casos graves da doença, internações ou, até mesmo, óbitos. Estudos demonstram que a vacinação pode reduzir entre 32% a 45% o número de hospitalizações por pneumonias e de 39% a 75% a mortalidade por complicações da influenza.

Doses

Serão distribuídas 53,5 milhões de doses da vacina, que protege contra os três subtipos do vírus da gripe determinados pela OMS para este ano (A/H1N1; A/H3N2 e influenza B). Em todo o País, serão 65 mil postos de vacinação, com envolvimento de 240 mil pessoas. Também estarão disponíveis para a mobilização 27 mil veículos terrestres, marítimos e fluviais.

As pessoas com doenças crônicas devem apresentar prescrição médica no ato da vacinação. Pacientes cadastrados em programas de controle das doenças crônicas do Sistema Único de Saúde (SUS) deverão se dirigir aos postos em que estão registrados para receberem a vacina, sem a necessidade de prescrição médica.

Campanha

Com tema “Vacinação contra a gripe: você não pode faltar”, a campanha do Ministério da Saúde para este ano orienta cada público prioritário a procurar os postos vacinação no período da mobilização. A campanha será veiculada na TV, rádio, mídia exterior, mídia impressa e internet. O custo total da campanha é de R$ 14 milhões.

 

 


Blog da Saúde

Outras Notícias

Últimas Notícias

© Copyright 2012 Portal Pedra Bonita - Email: contato@portalpedrabonita.com.br