5 de abril de 2014 - 10:11

PSDB lança Cássio para disputar governo

cassio

O PSDB confirmou ontem a tese da candidatura própria ao governo do Estado e lançou o nome do senador Cássio Cunha Lima ao Palácio da Redenção. A decisão foi tomada ontem, durante encontro no ginásio da Associação Atlética Banco do Brasil (AABB), em Campina Grande, que contou com a presença da cúpula do partido, parlamentares, prefeitos, diretorianos e filiados.

Com os votos dos tucanos campinenses, o PSDB chegou a 130 diretórios municipais favoráveis à proposta de lançar um candidato a governador, ou seja, 58% no universo de 223 cidades. Após a proclamação do resultado, Cássio se colocou à disposição para disputar o pleito e tentar voltar ao Executivo estadual.

“Estou à disposição do PSDB para ir às ruas e às urnas e fazer o bom combate na campanha. Na democracia, o povo tem o direito de ter escolhas e eleger seus governantes”, afirmou Cássio.

Apesar da decisão tomada de lançar a candidatura, ele adiantou que o PSDB vai continuar a realizar os eventos regionais com os filiados. No entanto, eles agora servirão para discutir coligações, formação das chapas majoritária e proporcional, bem como programa de governo. Antes do evento de ontem, foram realizadas consultas regionais em Patos, Mamanguape e Guarabira.

ROMPIMENTO

Após a consulta, Cássio, acompanhado do presidente estadual do PSDB, Ruy Carneiro, o senador Cícero Lucena e o prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues, concedeu entrevista coletiva no salão de eventos da AABB. Ao ser indagado sobre declarações do governador Ricardo Coutinho (PSB) que chegou a dizer que ele não tinha explicado o porquê do rompimento da aliança, Cássio afirmou. “Não tenho que dar explicações a Ricardo, mas ao povo da Paraíba”.

O tucano ainda lembrou que o PSB fez parte do governo do PT em nível nacional por 11 anos, mas resolveu sair, entregar os cargos e lançar candidato próprio à Presidência da República, o ex-governador de Pernambuco Eduardo Campos. Cássio também citou que Ricardo se afastou do PMDB, de José Maranhão, sem dar explicação.

OBRAS

Quanto à tática de Ricardo de fazer o debate comparando as obras, Cássio disse que caberá ao povo avaliar quem fez mais, mas fez uma ponderação: “Eu fiz obras, José Maranhão fez obras, Ronaldo Cunha Lima, meu pai, fez obras, Tarcísio Burity, Wilson Braga, Ivan Bichara, João Agripino, Ernani Satyro, todos os governadores ao seu tempo fizeram obras, mas a grande obra não será de pedra e cal, mas a da fraternidade e o respeito à dignidade humana, sem perseguição, imposição e terrorismo”, ressaltou Cássio Cunha Lima.

RUY DIZ QUE VONTADE POPULAR VENCEU

Para o presidente estadual do PSDB, deputado federal Ruy Carneiro, o dia de ontem foi marcante para a legenda na Paraíba. “A tese defendida há muito tempo por nós e por outros colegas de partido foi consagrada por unanimidade por mais de 50% dos filiados do PSDB”, disse.

Ruy Carneiro observou que a democracia partidária prevaleceu e esse sentimento das ruas, que já começou a ser absorvido nas pesquisas eleitorais de todos os institutos, é a prova de que o caminho que o PSDB deve trilhar é o do desejo dos paraibanos que querem o senador Cássio Cunha Lima disputando a eleição. “O povo manifestou seu desejo mais uma vez e, agora, concretizamos candidatura própria para as próximas eleições. Vamos em frente, temos muito trabalho a fazer”, confirmou.

O deputado federal disse ainda que o PSDB vai ratificar o que a maioria já escolheu e vai seguir ouvindo os seus filiados em todas as regiões da Paraíba. Os próximos encontros serão realizados no dia 13 de abril em Conceição (manhã) e Pombal (tarde). “Continuaremos ouvindo os filiados para traçarmos as diretrizes do nosso plano de governo”, concluiu Ruy.

 

 

JPOnline

Outras Notícias

Últimas Notícias

© Copyright 2012 Portal Pedra Bonita - Email: contato@portalpedrabonita.com.br