6 de março de 2014 - 09:21

Em 2013, Municípios do interior geraram mais empregos do que as regiões metropolitanas

Em 2013, os Municípios do interior do País geraram mais empregos do que os grandes centros metropolitanos. Desde 2005, as áreas de metrópole empregavam mais. No ano passado, o interior de nove Estados formalizou 340.881 empregados contra 211.190 nas grandes regiões. Os dados foram divulgados nesta quarta-feira, 5 de março, pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged).

Em todo País, 730.687 empregos foram criados no ano passado. A pesquisa não abrange todos os Estados, mas tem informações relevantes. Pará, Ceará, Pernambuco, Bahia, Minas Gerais, Rio de Janeiro, São Paulo, Paraná e Rio Grande do Sul têm grande representatividade e juntos geraram 552.071 do total nacional.

A série sem ajuste do Caged engloba as informações sobre admissões e desligamentos, enviadas pelas empresas, para o governo dentro do prazo estabelecido. No entanto, na análise da série ajustada, o interior continua à frente com a geração de 465.542 empregos contra 331.229 nas áreas metropolitanas.

Setores
De acordo com dados da LCA Consultores – que faz a análise detalhada do Caged -, quatro setores da economia brasileira tiveram melhor desempenho no interior do País. São eles: indústria, construção, comércio e serviços. Apenas a agricultura não teve o mesmo desempenho.

Os resultados a favor do interior foram impulsionados também por causa da desaceleração das construções nas grandes regiões. Como o boom do setor começou nas metrópoles, o processo de desaceleração também ocorre primeiro nessas localidades. Além disso, os Municípios do interior têm maior concentração na produção de bens não duráveis, que empregaram grande número de trabalhadores em 2013.

 

Agência CNM, com informações do Estadão

Outras Notícias

Últimas Notícias

© Copyright 2012 Portal Pedra Bonita - Email: contato@portalpedrabonita.com.br