4 de janeiro de 2014 - 11:31

Nevascas provocam emergência em dois Estados dos EUA

Neve em Nova York (AFP)

Nevascas provocaram cancelamento de voos e prejudicaram cotidiano de nova-iorquinos

 

Uma forte nevasca cobriu de branco partes do Canadá e do nordeste dos EUA nesta sexta-feira, levando os governadores dos Estados americanos de Nova York e Nova Jersey a declarar estado de emergência e pedir às pessoas que permaneçam em suas casas.

A tempestade já forçou o cancelamento de mais de 4 mil voos entre quinta e sexta-feira, fechou escolas, prejudicou o trânsito e levou ao acúmulo de até 61 cm de neve em alguns pontos.

“Isto não é brincadeira. As pessoas devem considerar seriamente ficar em casa”, declarou Andrew Cuomo, governador de Nova York.

Com as ventanias, as temperaturas baixaram para até -29ºC em Toronto e na Cidade de Québec (Canadá) – as mais baixas das últimas décadas.

Para brasileiros com voos programados para a região, é recomendável consultar as empresas aéreas para confirmar suas decolagens – apesar de, segundo consulta no site da Infraero, a maior parte dos voos aos EUA ter sido mantida.

O site mostra que ao menos um voo da American Airlines partindo do aeroporto de Guarulhos (SP) para Nova York foi cancelado nesta sexta-feira; outro está atrasado.

Em seu perfil no Facebook, a TAM informou na tarde desta sexta-feira que cancelou dois voos (indo e vindo de Nova York a São Paulo) e remanejou os passageiros para partidas no sábado.

‘Fiquem em casa’

O recém-empossado prefeito de Nova York, Bill de Blasio, disse que a maior parte das avenidas da cidade estão liberadas, mas pediu que “as pessoas ajudem. Se não tiverem que viajar hoje (sexta), por favor fiquem em casa”.

O jornal The New York Times reportou que as temperaturas na cidade, pela manhã, estavam semelhantes às do Alasca.

Muitos turistas aproveitaram para fazer guerra de bolas de neve na Times Square, mas as temperaturas estão tão baixas que são capazes de provocar queimaduras ou úlceras de frio em questão de 30 minutos.

Nos estados vizinhos de Connecticut, Massachusetts e Nova Jersey, funcionários públicos de serviços não essenciais foram liberados para não trabalhar, e muitas escolas cancelaram suas aulas.

Ainda que o aeroporto de Boston permanecesse aberto nesta tarde, mais de 300 voos foram cancelados, segundo o Boston Globe.

A Associated Press informa que 11 mortes foram atribuídas às nevascas e seus desdobramentos.

Na Filadélfia, um operário morreu soterrado na queda de uma carga de 30 m de altura de sal, usado para minimizar o efeito da neve nas estradas.

No Canadá, algumas cidades do leste estão vivenciando sensação térmica de -35ºC por conta dos ventos.

 

 

BBC Brasil

Outras Notícias

Últimas Notícias

© Copyright 2012 Portal Pedra Bonita - Email: contato@portalpedrabonita.com.br