28 de outubro de 2013 - 08:01

Pagamento do 13° deve injetar R$ 1,5 bi na economia da PB

O pagamento do 13º salário deve injetar cerca de R$ 1, 57 bilhão na economia da Paraíba até o final do ano. A estimativa foi divulgada nesta segunda-feira (28) pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese). O órgão calculou que o valor é aproximadamente 1,1% do total do Brasil e 7 ,1 % da região Nordeste. O montante representa cerca de 3,9% do Produto Interno Bruto(PIB) estadual.

Cerca de 1,31 milhão de paraibanos irão receber o 13º, o que corresponde a 1,6% das pessoas que têm acesso ao benefício no Brasil. Em relação à região Nordeste, esse percentual é de 7,56%. Os empregados do mercado formal, celetistas ou estatutários, representam 49,4%, enquanto pensionistas e aposentados do INSS equivalem a 50,6%. O emprego doméstico com carteira assinada participa com 0,9%.

Os empregados formalizados receberão 61,5% do valor (R$ 965,48 milhões); os beneficiários do INSS, 32,1% (R$ 502,99 milhões), enquanto aos aposentados e pensionistas do estado do Regime Próprio caberão 6,5% (R$ 101,65 milhões).

Segundo os dados do Dieese, a Paraíba registra o terceiro menor valor médio de pagamento do 13º salário. Com R$ 1.116, o estado só fica à frente de Maranhão e Piauí.

Os valores estimados pelo DIEESE levam em conta dados da Relação Anual de Informações Sociais (Rais) e do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), ambos do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE). Também foram consideradas informações da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad), realizada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), referente a 2012, e informações do Ministério da Previdência e Assistência Social (MPAS) e da Secretaria Nacional do Tesouro (STN).

 

 

 

JPOnline

Outras Notícias

Últimas Notícias

© Copyright 2012 Portal Pedra Bonita - Email: contato@portalpedrabonita.com.br