12 de outubro de 2013 - 10:49

Índia retira até 600 mil habitantes da costa antes de ciclone

Com a chegada do ciclone Phailin à Índia, entre 400 e 600 mil pessoas precisaram ser retiradas de dois Estados indianos, segundo a agência nacional de controle de catástrofes do país. Pela estimativa mais alta, trata-se de uma população semelhante à da 34ª maior cidade do Brasil, Feira de Santana (BA).

Quando o sábado se tornava noite ao meio-dia, a operação retirou habitantes da região costeira dos Estados de Orissa e Andra Pradesh, no Leste da Índia, horas antes da chegada do ciclone. No meio da tarde, os ventos já eram tão fortes que poderiam derrubar adultos.

Trata-se de um dos maiores deslocamentos populacionais já realizados na Índia, segundo Marru Shashidar Reddy, porta-voz da agência. “O governo deu ordem de retirar à força quem resistisse”, afirmou. A operação tem o reforço do Exército e da Cruz Vermelha.

O tamanho do Phailin é quase semelhante ao do furacão Katrina, que destruiu Nova Orleans, nos Estados Unidos, em 2005. Tem a área semelhante à da França. A estimativa é que os ventos sejam de até 240 quilômetros por hora, podendo chegar a 315 km/h segundo observadores norte-americanos.

Além da violência do vento, a região costeira também enfrenta o risco de que a maré suba de 3 a 9 metros. A zona de perigo é estimada em 150 quilômetros de extensão.

Como a região é altamente dependente da agricultura, a economia da região será severamente afetada. Em 1999, um outro ciclone na região matou mais de 8 mil pessoas.

 

 

Folha de S. Paulo

Outras Notícias

Últimas Notícias

© Copyright 2012 Portal Pedra Bonita - Email: contato@portalpedrabonita.com.br