25 de setembro de 2013 - 04:03

Delegacias móveis para atender mulheres do campo vítimas de violência começam a funcionar em novembro

violencia-contra-mulher-nao-460x250

Representantes da Rede Estadual de Atenção as Mulheres Vítimas de Violência discutiram, no auditório do Ministério Público, em João Pessoa, a agenda de funcionamento das unidades móveis (delegacias) em áreas da zona rural da Paraíba para atendimento de mulheres trabalhadoras do campo.

Segundo a secretária da Mulher e da Diversidade Humana, Gilberta Soares, a partir de novembro as duas unidades móveis já estarão circulando pelo interior do Estado. A reunião serviu também para definir a participação de delegados, promotores, juízes, psicólogos e assistentes sociais no atendimento nas cidades. “A Secretaria de Segurança, Ministério Público e Tribunal de Justiça são parceiros e vão designar profissionais para o atendimento móvel”, disse Gilberta.

As unidades móveis foram entregues pela Secretaria de Políticas para as Mulheres da Presidência da República (SPM-PR), dentro do programa “Mulher, Viver sem Violência”. Na reunião também foi discutido o processo para dar agilidade na emissão dos laudos de mulheres vítimas de violência atendidas pela rede de saúde.

Além disso, foi discutida a participação dos conselheiros tutelares no acompanhamento a crianças e adolescentes filhos de mulheres em situação de violência doméstica e familiar. A reunião teve a participação de representantes de Conselhos Tutelares e Conselho Municipal dos Direitos das Crianças e do Adolescente (CMDCA). “Pretendemos estreitar a rede de informação onde os conselhos tutelares podem referenciar quando identificado os casos de mulheres violentadas para os Centros de Referência de Atendimento. Do mesmo modo, quando as crianças e adolescentes forem identificados nos Centros de Referência serão encaminhadas para os conselhos tutelares”, explicou Gilberta Soares.

Secom

Outras Notícias

Últimas Notícias

© Copyright 2012 Portal Pedra Bonita - Email: contato@portalpedrabonita.com.br