17 de setembro de 2013 - 06:18

NOTA DE ESCLARECIMENTO

As sessões ordinárias da Câmara Municipal de Itaporanga tem sido o cenário ideal para articulação de críticas infundadas e desesperadas, vindas daqueles que usam o cargo para fazer a política suja e arcaica a qual estão acostumados. E para tal, vale-se de negociata, inclusive usando de fofocas e achismos, deixando de lado o real objetivo da administração voltada para as necessidades da população. Dessa forma mais uma vez a fala é usada como arma que fere, como objeto de acusação que retrata interesses pessoais, traumas e vontades, desespero, de quem outrora utilizavam-se do poder para fins escusos e próprios.

A acusação é forte, trata-se de superfaturamento que segundo o vereador Ricardo Pinto Rangel (PSDB) vem acontecendo na secretaria de saúde do município, na aquisição de peças automotivas. Segundo a acusação o vereador diz “acreditar que a compra tenha sido feita para um Fiat Dolo 1.8”. E por “acreditar” que se trate desse veiculo o mesmo se achou no direito de levantar questionamentos que vão de encontro a moral e boa índole da secretária Aparecida Alves Conserva, esquecendo ele de um principio simples, em que não se pode acusar ninguém sem provas e especular em dados alheios a verdade – a ficção combina com filmes hollywoodianos, mas não com a politica – governo do povo.

soares_arcondicionado

 

alvecar

 

Muito interessante e de extrema relevância a importância que está sendo dada ao erário público, visto ser realmente item fundamental para êxito na gestão. O único problema existente, além do desejo enorme e incessante de manchar a honra de pessoas de bem, é que a referida compra foi feita para um outro veículo, no caso um Fiat Ducato de placa – NQB 8324 como está muito bem discriminado nos orçamentos feitos em três empresas, para só depois ser realizado a compra naquele que ofereceu o valor menor. Sendo eles:

alvecar_proposta

 

soares_proposta

jk_proposta

 

Moral da história, os valores realmente não podiam bater e claro que os orçamentos apresentados pelo vereador seriam menores, pois os veículos são diferentes e, portanto cada um possui seus respectivos valores.

Entre as diversas inverdades apresentadas, uma delas diz que outra pesquisa foi feita pelo vereador Ricardo Pinto Rangel (PSDB) e que em uma autorizada FIAT, as peças seriam orçadas em R$ 3.220,00 para tal o mesmo não apresentou nenhum documento, ficando mais uma vez a acusação fundamentada em “achismos” e especulação infundada e bruxolesca.

Segue agora o orçamento pedido pela secretária a autorizada FIAT. Contudo, é necessário esclarecer também que o mesmo mostra apenas os valores unitários e na oportunidade foram adquiridas alguns itens com duas unidades dobrando assim seus valores, (portanto aos desavisados da matemática: 2x alguma coisa dobra-se o valor) o total na FIAT seria R$7.505,37 além da cobrança da mão de obra para a instalação dos mesmos e no caso como alguns dos itens seria necessário duas unidades o valor das peças para conserto da FIAT DUCATO – NQB 8324 seria R$ 9.958,75 sem a mão de obra.

fiori

Todo o processo foi realizado da forma mais correta possível, fazendo pesquisa de preço e considerando critérios indispensáveis para a legalização do mesmo. A única falha encontrada está na nota fiscal, que infelizmente não consta o veículo ao qual foi destinado o serviço, o setor de empenho reconhece a falha, e mais uma vez a secretária justifica que o veículo Fiat Doblô – HXP1557, não é usado para viagens fora dos limites do município, rotineiramente se usa a Ducato – NQB 8324.

nota_empenho

 

danfe

 

recibo_soares

 

Na última sessão, 12, da Câmara Municipal em tribuna novamente Ricardo Pinto fez questão de apontar segundo ele “novas denúncias”, dessa vez com relação a um serviço de manutenção do ar condicionado da DUCATO . A descrição do serviço consta que foi realizado a aquisição de um compressor com carga e limpeza do sistema e para tal foi pago R$2.000,00. Porém, o vereador insiste em dizer que o valor está superfaturado, que o mesmo não custaria mais que R$500,00. No entanto, as notas e recibos constatam que mais uma vez o achismo prevalece, pois a pesquisa com duas outras empresas mostram que os valores estão dentro da normalidade e a escolha pela empresa Friauto segue o princípio do menor preço.

Segue em anexo as propostas de orçamentos de três empresas, além da nota do serviço que foi prestado pela empresa com menor preço.

gold_car

oficina_ok

 

friauto

nota_fiscal

 

recibo_friauto

 

A secretária Aparecida Alves Conserva vai participar de programas radiofônicos locais na manhã desta terça-feira, 17, para prestar maiores esclarecimentos a população, e além disso vai participar da próxima sessão da Câmara Municipal, no dia 26 de setembro.

 

NOTA DE ESCLARECIMENTO compativel

 

 

Outras Notícias

Últimas Notícias

© Copyright 2012 Portal Pedra Bonita - Email: contato@portalpedrabonita.com.br