25 de agosto de 2013 - 04:14

Síria permite acesso de inspetores da ONU a locais de ataque químico

A Síria decidiu permitir que inspetores da Organização das Nações Unidas (ONU) analisem locais no subúrbio de Damasco que teriam sido alvos de ataques de armas químicas, afirmou o Ministério de Relações Exteriores sírio em comunicado divulgado no canal de televisão estatal.

A oposição síria acusou as forças do governo de matar mais de 1.000 civis com gás venenoso em subúrbios de Damasco na quarta-feira, 21 – uma denúncia rechaçada pelo governo do presidente sírio Bashar al-Assad.

A informação já havia sido dada pelo ministro das Relações Exteriores do Irã, Mohammad Javad Zarif. “Estamos em estreito contato com o governo sírio e eles nos garantiram que nunca usaram essas armas desumanas e que vão cooperar plenamente com os especialistas da ONU para visitar as áreas afetadas”, disse o ministro iraniano a chanceler italiana Emma Bonino em conversa por telefone no sábado, de acordo com a Press TV.

O Irã é o principal aliado de Assad contra as forças de oposição que procuram derrubá-lo. O governo sírio acusou os rebeldes de lançar os ataques químicos para provocar uma reação internacional. Essa visão tem apoio também da Rússia, além do Irã.

Obama. Os Estados Unidos têm poucas dúvidas de que o governo sírio usou armas químicas contra civis na semana passada, e o presidente Barack Obama estuda como responder ao fato, disse no domingo uma autoridade do alto escalão do governo norte-americano.

“Baseado no número de vítimas informados, em sintomas relatados daqueles que foram mortos ou feridos, em declarações de testemunhas e outros dados recolhidos por fontes abertas, a comunidade de inteligência dos EUA e os parceiros internacionais têm poucas dúvidas, no momento, de que arma química foi utilizada pelo regime sírio contra os civis neste incidente”, disse a autoridade.

“Estamos continuando a avaliar os fatos para que o presidente possa tomar uma decisão sobre como responder a esse uso indiscriminado de armas químicas”, acrescentou.

O secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, disse, em comunicado, que a Síria prometeu garantir um cessar fogo nos locais do subúrbio de Damasco.

 

 

Estadão

Outras Notícias

Últimas Notícias

© Copyright 2012 Portal Pedra Bonita - Email: contato@portalpedrabonita.com.br