29 de julho de 2013 - 05:32

Pesquisa diz que turista quer voltar ao Brasil depois da JMJ

A Jornada Mundial da Juventude (JMJ), realizada no Rio de Janeiro, gerou grande expectativa de retorno ao Brasil entre os turistas. O dado foi levantado na pesquisa encomendada pelo Ministério do Turismo ao Instituto Coppe/UFRJ. A apuração parcial revela que 72,7% dos turistas estrangeiros da JMJ visitaram o País pela primeira vez e nove entre dez (93%) pretendem voltar ao Brasil, mais especificamente ao Rio de Janeiro. A estimativa é que o País tenha arrecadado mais de R$ 1,8 bilhões durante o evento.

A primeira preliminar foi feita com 1,1 mil turistas, sendo 250 estrangeiros. A pesquisa completa vai identificar a origem, o tempo de permanência, o meio de hospedagem e o gasto médio diário dos turistas, além de mapear como os peregrinos, visitantes e voluntários da JMJ avaliam condições de infraestrutura, como transporte, limpeza pública e opções de lazer. O levantamento completo, que será divulgado nos próximos dias, levará em consideração a opinião de mais quatro mil pessoas, das quais mais de mil estrangeiros.

Entre os estrangeiros, 72,7% estavam no Brasil pela primeira vez e 86,9% do total de entrevistados nunca haviam participado da JMJ. Para quase seis entre dez turistas (58,5%), o fato do evento ter sido realizado no Rio de Janeiro influenciou na decisão de participar da JMJ. Entre as atividades realizadas pelos visitantes, os atrativos turísticos se destacaram (77,7%) seguido do sol e praia com 39,7%.

Fidelização

 

O tempo médio da estadia dos visitantes internacionais foi de 12 dias. Mais da metade deles (53,6%) declaram ter a intenção de retornar ao Brasil em até um ano e 12,7% pretendem desembarcar novamente no País já nos próximos seis meses. O principal meio de hospedagem dos viajantes foram casas de fiéis, escolas e paróquias, que acomodaram 55,6%.

“Os dados preliminares revelam que o turismo religioso tem um grande potencial de crescimento”, disse o ministro do Turismo Gastão Vieira. Segundo ele, o País tem capacidade para fidelizar seus visitantes e aumentar ainda mais a chegada de turistas para eventos desse porte”, afirma. Mais de 1,7 milhão de viagens pelo País foram motivadas pela religião no ano passado.

A próxima Jornada Mundial da Juventude (JMJ) será na cidade de Cracóvia (Polônia), em 2016, cidade natal do beato João II. O anúncio foi feito pelo Papa Francisco na manhã deste domingo, 28, durante a última missa.

Cidades e Santuários

Um dos destinos escolhidos pelos turistas brasileiros e estrangeiros são cidades que oferecem atrações religiosas. Segundo o Ministério do Turismo, o Brasil possui 344 cidades que podem atender o desejo do viajante que está em busca da prática religiosa. Deste número, 117 possuem calendário fixo de eventos relacionados à fé, a maior parte deles católicos.

Um dos principais destinos do turismo religioso no Brasil é Aparecida do Norte, no interior de São Paulo. Perto de 10 milhões de visitantes vão ao município anualmente. É lá que está o Santuário Nacional de Nossa Senhora Aparecida, padroeira do Brasil, um dos maiores templos católicos do mundo. Uma imagem da santa de 29 centímetros é a principal atração do local. É considerada a capital das romarias.

Para aprimorar o potencial turístico nacional, o governo federal está investindo R$ 460 milhões, dentro do Programa de Aceleração do Crescimento do Turismo, para reformar, ampliar e construir centros de convenções em 11 cidades.

 

 

Ministério do Turismo

 

Outras Notícias

Últimas Notícias

© Copyright 2012 Portal Pedra Bonita - Email: contato@portalpedrabonita.com.br