28 de maio de 2013 - 08:27

Enem 2013 fecha último dia com mais de 7,8 milhões de inscritos

As inscrições para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) foram encerradas às 23h59 dessa segunda-feira (29) com o total de 7.834.024 candidatos inscritos. De acordo com o Ministério da Educação (MEC), o sistema chegou a registrar 120 mil inscrições por hora, sendo três mil por minuto. O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), que organiza o exame, informou que o processo transcorreu normalmente.

Durante a manhã de segunda-feira, já estava superado o número de inscritos confirmados no Enem 2012, que eram 5.971.290 inscritos. Os três estados com maior número de inscrições, até às 16h, eram São Paulo, com 1.030.658; Minas Gerais, com 731.901; e Bahia, com 482.799 candidatos.

Os candidatos inscritos que não estão isentos da taxa de inscrição, no valor de R$ 35, têm até a quarta-feira (29) para realizar o pagamento. A participação no exame só será confirmada após o pagamento da taxa ou a comprovação das informações necessárias para a isenção. Se confirmada, o participante receberá em casa o cartão de confirmação, que terá um número, a data, a hora, o local de realização das provas, a opção de língua estrangeira e outras informações específicas.

Estão isentos da inscrição os estudantes que concluíram o ensino médio em escola da rede pública e aqueles que têm renda familiar per capita igual ou inferior a um salário mínimo e meio, ou seja, R$ 1.017,00.

 

Provas

As provas serão aplicadas nos dias 26 e 27 de outubro deste ano em todos os estados e no Distrito Federal, com início às 13h do horário oficial de Brasília. Os portões de acesso aos locais de provas serão abertos às 12h e fechados às 13h, e será proibida a entrada do participante que se apresentar após o horário de fechamento dos portões.

O exame contará com uma redação e quatro provas objetivas, que contarão com 45 questões de múltipla escolha cada. No primeiro dia, os inscritos farão provas de ciências humanas e da natureza, com duração de 4h30. No segundo dia, as provas aplicadas serão de linguagens e códigos, matemática e redação, com duração de 5h30.

Entre as principais mudanças para esta edição do Enem está o maior rigor na correção das redações. Este ano, a diferença entre as notas dos dois corretores independentes não pode ultrapassar 100 pontos (no ano passado, a discrepância era de 200 pontos). Se houver diferença maior de 100 pontos, a redação passa por um terceiro corretor. Caso a discrepância permaneça, a correção é feita por uma banca de especialistas. A estimativa do MEC é de que, com esta alteração no processo de correção, uma em cada três redações seja encaminhada ao terceiro corretor.

A partir desta edição, também está prevista a anulação das redações que apresentem partes do texto deliberadamente desconectadas com o tema proposto. Bastará uma frase desconectada com o tema proposto, inserida deliberadamente, para que a prova seja anulada.

 

Enem

O Exame Nacional do Ensino Médio avalia o desempenho escolar e acadêmico do estudante ao fim do ensino médio, mas pode ser feito também quem quer apenas treinar para a prova. O resultado no exame permite ao candidato a participação no Sistema de Seleção Unificada (Sisu), que oferece vagas em instituições públicas de educação superior.

O desempenho no Enem é também requisito para participação do estudante nos programas Universidade para Todos (Prouni) e Ciência sem Fronteiras e para receber o benefício do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies). Estudantes maiores de 18 anos que ainda não obtiveram a certificação do ensino médio podem fazê-lo por meio do Enem.

 
Ministério da Educação

Outras Notícias

Últimas Notícias

© Copyright 2012 Portal Pedra Bonita - Email: contato@portalpedrabonita.com.br