7 de maio de 2013 - 09:22

Cássio é recebido pelo presidente do Banco Central para tratar da Medida Provisória 608

(Em audiência na sede do Bacen, Alexandre Tombini disse ao senador que a aprovação da MP 608 será importante para dar mais segurança ao sistema financeiro do país / Foto: Jaciara Aires)

A pedido do Banco Central, o senador Cássio Cunha Lima esteve reunido em audiência com o presidente da instituição, Alexandre Tombini, e com os diretores Anthero Meirelles e Luiz Awazu Silva. A reunião durou cerca de 40 minutos e aconteceu na sede do Banco Central (Bacen), em Brasília, na tarde desta segunda-feira, 6 de maio. O objetivo era a troca de informações para embasar o relatório que está sendo preparado pelo senador na comissão mista que trata da Medida Provisória 608.

A MP 608 prevê a adaptação do Brasil às recomendações do Comitê de Supervisão Bancária de Basileia 3 – um conjunto internacional de propostas de reforma da regulamentação bancária. O argumento do governo federal é que, ao tratar de crédito presumido e da emissão de letras financeiras, altera-se a provisão de capital das instituições financeiras para fortalecer o sistema financeiro nacional diante de crises. As cifras são da ordem de R$ 63 bilhões de reais.

“Se esse montante fosse retirado do sistema financeiro do país haveria restrição de crédito o que prejudicaria a atividade econômica nacional”, explica Cássio Cunha Lima. Esse também é o entendimento do Banco Central. “O Brasil precisa da aprovação da MP 608 para não fragilizar o nosso sistema financeiro”, defendeu Tombini.

 

 

Assessoria

Outras Notícias

Últimas Notícias

© Copyright 2012 Portal Pedra Bonita - Email: contato@portalpedrabonita.com.br