6 de maio de 2013 - 08:51

Parabéns, Gestores de Várzea: 1º na PB e o 19º no BR

A aprendizagem dos alunos da educação básica no Brasil em geral é insatisfatória. A ONG Todos pela educação divulgou dias atrás o desempenho de estudantes do ensino fundamental e médio em português e matemática, nos 5500 municípios brasileiros, baseado nos resultados da Prova Brasil de 2011, aplicada a cada dois anos pelo MEC. Os resultados mostram que os alunos sabem menos do que o esperado para a aprendizagem de um estudante em cada nível de ensino avaliado.

No Brasil, no 9º ano do ensino fundamental, 27% dos alunos alcançaram desempenho adequado em língua portuguesa – a meta desejada era de 32%. Em matemática, apenas 16,9% atingiram o desempenho esperado – para uma meta de 25,4%. No 5º ano, 40% dos alunos aprenderam o adequado em português, se aproximando da meta de 42%. Os piores resultados foram obtidos por alunos do ensino médio. De cada 100 alunos concluintes em 2011 apenas 10 obtiveram o desempenho esperado em matemática.

Observamos que os alunos à medida que vão ascendendo os níveis de ensino vão aprendendo cada vez menos. Os alunos saem em situação de aprendizagem que não é satisfatória nos anos iniciais do ensino fundamental e nos anos finais essa situação se agrava, atingindo um nível de caos no ensino médio.

Os números possibilitam realizar uma classificação das cidades, e assim ajudam a mostrar os municípios que estão preocupados com a educação. O município de Várzea, localizado na Região Metropolitana de Patos, ocupa a 19ª colocação no Brasil, melhor colocação entre os municípios da Paraíba –considerando o desempenho em língua portuguesa (5º ano). O segundo município paraibano melhor colocado é São Domingos, que ocupa a 899ª posição. A terceira melhor colocação de um município da Paraíba é ocupada pelo município de Mãe D’água – 1519ª posição, no Brasil. A posição ocupada por Campina Grande é a 3059ª.

Várzea está entre os 90 municípios brasileiros que já cumpriram os requisitos de aprendizagem esperados para o ano 2022. Mucambo e Sobral no Ceará, Várzea na Paraíba, são as três únicas cidades do Nordeste que alcançaram esse desempenho.

O que possibilita esse desempenho favorável, em termos de aprendizagem, ao município de Várzea? Nunca fui lá. Não conheço nenhum professor desse município, nenhum político, nenhum gestor da educação. Entretanto, arrisco alguns palpites para uma resposta não definitiva. É possível presumir que nas duas últimas décadas ocorreu a continuidade das políticas públicas de educação, que a gestão das escolas vem sendo feita com atenção, que os professores são respeitados, e tantos outros fatores podem ser verificados ali.

O que nos resta? Aplaudir o feito de Várzea, que mostra ser possível ir além da mediocridade e das mesquinharias das gestões de prefeitos e secretários de educação por esse estado afora. E…..IMITAR.

 

pedro.lucio

Pedro Lúcio

Coluna

Foi dirigente sindical e Secretário de Educação de Campina Grande. É Doutor em Ensino, Filosofia e História das Ciências e professor da Universidade Estadual da Paraíba - UEPB.

Outras Notícias

Últimas Notícias

© Copyright 2012 Portal Pedra Bonita - Email: contato@portalpedrabonita.com.br